Enquanto não tivermos a Pandemia controlada vamos viver nesta fase de ajustes e controles. É assim no Brasil, no mundo inteiro. O esporte não poderia ser diferente.

Nos Estados Unidos, esta semana vamos ter a disputa de duas etapas do TYR Pro Swim Series em Richmond, na Virginia e San Antonio, no Texas. Ambas com poucos atletas e cheia de protocolos. Eram três sedes, mas com as restrições e a piora da situação na Califórnia a sede de Irvine foi cancelada.

As competições universitárias também estão se ajustando. A Conferência Southeastern, uma das mais importantes da natação universitária americana, anunciou a disputa de seu campeonato dividido em três partes. Os saltos ornamentais acontecerão de 17 a 20 de fevereiro na Universidade do Missouri em Columbia, a natação feminina nos mesmos dias, mas na Universidade da Geórgia, em Athens, e a competição masculina nos dias 23 a 26 de fevereiro na Universidade do Missouri. Estas três competições acontecem sempre no mesmo dia, e mesmo local.

Neste final de semana, a Universidade Louisville, treinada pelo brasileiro Arthur Albiero fez um Dual Meet contra a equipe de Notre Dame. Para minimizar e incrementar os controles, a competição feminina foi pela manhã e a masculina pela tarde. Normalmente, estes eventos sempre são disputados em conjunto.

Lições da Pandemia, tomara que isso também seja aprendido no Brasil.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *