Japão fez história hoje ao anunciar Seiko Hashimoto como a nova Presidente do Comitê Tokyo 2020 em substituição a Yoshihiro Miro afastado pelas suas declarações sexistas e misóginas. Hashimoto será a primeira mulher a comandar um Comitê Organizador da história do movimento olímpico.

Para aceitar o cargo, Hashimoto teve de pedir demissão do cargo atual de Ministra da Olimpíada em pedido aceito pelo Primeiro Ministro Yoshihide Suga. Veja abaixo quem é Seiko Hashimoto e toda a sua história no esporte.

Seiko Hashimoto tem 56 anos de idade, nasceu em Hayakita, em 5 de outubro de 1964. Ex-atleta olímpica de Inverno e Verão e com sete participações em Jogos, é a japonesa com maior número de Olimpíadas na carreira. Seu nome, Seiko, vem de “Seika” que quer dizer chama em japonês.

Hashimoto esteve nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1984, 1988, 1992 e 1994 na patinação de velocidade. Seu melhor resultado foi uma medalha de bronze nos 1500 metros nos Jogos de Albertville em 1992.

Em Olimpíadas de Verão, Hashimoto competiu no ciclismo participando dos Jogos de 1988, 1992 e 1996. Seu melhor resultado veio na prova por equipes nos Jogos de Atlanta em 1996 em nono lugar. Nos Jogos de Barcelona em 1992, bateu o recorde olímpico da prova de perseguição individual 3.000 metros, mas terminou em 11o lugar na classificação final.

Assim que se aposentou da carreira esportiva, ganhou uma vaga no Parlamento Japonês em 1995 pelo Partido Liberal Democrata. Em 2008, foi nomeada vice ministra das relações anteriores ainda servindo como Presidente da Federação Japonesa de Patinação  por um termo. Em 2019, virou a Ministra da Olimpíada, cargo que deixou hoje ao ser indicada Presidente do Comitê Tokyo 2020.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *