Diferentes premiações reconhecendo os nadadores em diferentes partes do mundo. Confira o levantamento que a Best Swimming fez apontando algumas das mais importantes escolhas e votações.

 

FINA

Premiados no FINA Gala Diner em cerimônia durante o Mundial de Abu Dhabi, Caeleb Dressel e Emma McKeon na natação, Ana Marcela Cunha e Florian Wellbrock nas águas abertas. Ana Marcela chegou a sete premiações de melhor nadadora de águas abertas do mundo, recorde absoluto. Fernando Possenti venceu como treinador pela quinta vez.

 

Estados Unidos

Sports Illustrated

Escolheu Caeleb Dressel o Atleta do Ano mas o prêmio de Personalidade Esportiva do Ano ficou para a ginasta Simone Biles.

 

Swimming World

Revista americana apontou Caeleb Dressel e Emma McKeon como os vencedores do prêmio annual de Melhor Nadador do Mundo em 2021. Também foram premiados: Katie Ledecky e Caeleb Dressel os Melhores da América, Sarah Sjoestroem e Evgeny Rylov os melhores da Europa, Emma McKeon e Zac Stubblety- Cook os melhores do Pacífico, Tatjana Schoenmaker e Ahmed Hafnaoui os Melhores da África. Ana Marcela Cunha e Florian Wellbrock foram anunciados como os Melhores das Águas Abertas do Ano.

 

SwimSwam

Revista e site SwimSwam apontou os melhores da temporada:

Mundo – Caeleb Dressel e Emma McKeon

América do Sul – Bruno Fratus e Viviane Jungblut.

 

USA Swimming

O Golden Goggle Awards foi realizado em dezembro em Miami e premiou Caeleb Dressel e Katie Ledecky como os Melhores Nadadores do Ano nos Estados Unidos. Gregg Troy foi premiado como Melhor Treinador da Temporada.

 

Grã-Bretanha

Adam Peaty foi escolhido o Atleta do Ano pela Associação Nacional de Jornalistas Esportivos. Não tínhamos um nadador reconhecido neste prêmio desde 1978.

 

Canadá

Brent Hayden e Maggie MacNeil foram apontados como os melhores nadadores do ano pela Swimming Canadá. Ben Titley foi indicado como melhor treinador da temporada.

 

Suiça

Premiação do Atleta do Ano do país colocou a dupla de nadadores medalhistas de bronze em Tóquio, Jeremy Desplanches e Noe Ponti empatados em terceiro lugar.

 

Argentina

Olimpia de Prata é a premiação anual do país que escolheu Julia Sebastian como a Nadadora do Ano e Pipo Carlomagno como o Nadador Paralímpico do Ano.

 

Brasil

Prêmio Brasil Olímpico

Nadador do Ano – Bruno Fratus

Águas Abertas – Ana Marcela Cunha

 

Troféu Best Swimming

Veja todos os premiados clicando aqui.

 

Uruguai

Poucas semanas antes de anunciar sua aposentadoria, Enzo Martinez foi escolhido como o Nadador do Ano recebendo o Prêmio Charrua.

 

Colômbia

Nadador paralímpico Moises Fuentes foi escolhido como Atleta do Ano pelo jornal El Espectador e o Canal Movistar Colômbia.

 

Rússia

Troféu Veado de Prata premia os 10 melhores desportistas da temporada, melhor técnico e melhor equipe. Foi a segunda vez que Evgeny Rylov entrou na lista repetindo a conquista de 2017. O time de nado artístico da Rússia foi escolhido o Time do Ano assiim como Svetlana Romashina também levou o Veado de Prata entre as 10 de todos os esportes.

 

Vietnã

O nadador Nguyen Huy Hoang foi escolhido como o Atleta do Ano no país em votação direta dos jornalistas esportivos do país.

 

 

 

 

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.