Este é o terceiro ano que a Best Swimming faz o levantamento dos mais destacados clubes nas categorias Mirim e Petiz do Brasil. O levantamento apura os resultados oficiais considerando o ranking nacional da categoria atribuindo posições indicando quais foram os clubes com melhores resultados.

Para este ano, o levantamento considerou o ranking nacional da temporada tanto em piscina curta como em piscina longa. Tal mudança foi aplicada por conta de todas as regiões terem tido a realização dos Regionais um em Longa outro em Curta durante o ano. A única diferença foi que o Norte-Nordeste fez a disputa em piscina de 25 metros no segundo semestre, ao contrário dos outros três regionais que fizeram no primeiro semestre.

Para o ranking, foram consideradas as seguintes provas por categoria:

  • Mirim I – 50 livre, 100 livre, 200 livre, 50 costas, 50 peito, 50 borboleta
  • Mirim II – 50 livre, 100 livre, 200 livre, 50 costas, 50 peito, 50 borboleta
  • Petiz I – 50 livre, 100 livre, 200 livre, 400 livre, 50 e 100 costas, 50 e 100 peito, 50 e 100 borboleta, 200 medley
  • Petiz II – 50 livre, 100 livre, 200 livre, 400 livre, 50 e 100 costas, 50 e 100 peito, 50 e 100 borboleta, 200 medley

Na contagem da temporada tivemos os seguintes campeões por categoria:

  • Mirim I feminino – Natação Americana
  • Mirim I masculino – Academia Gustavo Borges
  • Mirim II feminino – AABB de Pernambuco
  • Mirim II masculino – NN SESI Português de Recife
  • Petiz I feminino – Salesiano da Bahia
  • Petiz I masculino – Clube Curitibano
  • Petiz II feminino – Flamengo
  • Petiz II masculino – Paineiras do Morumbi

15241857_674692436041356_245665184159242415_n

Na contagem geral somando todas as categorias, uma surpresa com a vitória do Natação Americana da cidade de Americana, no interior de São Paulo. O clube tem tido um crescimento bem acentuado nas categorias menores e no ano passado chegou ao título brasileiro por equipes no Infantil I quando a equipe ainda se chamava Rio Branco de Americana.

Este anos, com novo nome e nova identidade, o clube se destaca no Mirim e Petiz comandado por Mariana de Moraes Cremonez acumulando um total de nove tempos na liderança do ranking nacional das categorias. O Clube Curitibano, vencedor de 2015, ficou em segundo lugar com sete tempos na liderança do ranking nacional empatado com Flamengo e Gustavo Borges, mas com vantagem na segunda posição.

Veja aqui detalhado os quadros de medalhas por categoria Top 3:

MIRIM I FEMININO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Natação Americana 6 1 1 8
Sanroquense 2 5 2 9
AABB-DF 1 0 2 3
MIRIM I MASCULINO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Gustavo Borges 7 0 1 8
CEPE 2 0 0 2
Agitação 1 7 0 8
MIRIM II FEMININO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
AABB-PE 4 3 1 8
4Estilos/SEME/MS 3 2 1 6
Apan Concórdia 2 2 0 4
MIRIM II MASCULINO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
NN SESI CPR 4 0 2 6
Marina Barra 2 2 2 6
AABB-PE 2 1 1 4
PETIZ I FEMININO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Salesiano 3 1 0 4
ABDA 3 0 0 3
Natação Praia Grande 1 1 1 3
PETIZ I MASCULINO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Curitibano 5 4 4 13
Gran São João 5 2 2 9
Fluminense 3 5 2 10
PETIZ II FEMININO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Flamengo 5 4 1 10
Unisanta 4 3 2 9
Marina Barra 3 0 4 7
PETIZ II MASCULINO
CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Paineiras 4 4 1 9
MAC Nina 4 1 3 8
Americana 3 2 0 5

 

Confira a classificação acumulada da temporada 2016 nas categorias Mirim e Petiz pelo ranking nacional:

CLUBES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Natação Americana 9 3 1 13
Clube Curitibano 7 9 8 24
Flamengo 7 6 5 18
Gustavo Borges 7 0 1 8
Paineiras 6 6 2 14
Unisanta 6 5 5 16
AABB-PE 6 4 2 12
MAC/NINA 5 4 5 14
Marina Barra 5 3 6 14
Gran São João 5 2 2 9

 


 

AMERICANA, UMA CIDADE DE TRADIÇÃO

15697354_1847400125475568_2971105115511196544_n

As irmãs Patricia e Milene Comini foram os grandes nomes da natação de Americana. As duas, especialistas no nado peito, títulos nacionais, seleção brasileira, recordes nacionais e sul-americanos. O trabalho era feito pelo treinador Reinaldo Rosa que comandava o Rio Branco de Americana onde outros nadadores faziam sucesso nos campeonatos nacionais.

15167593_10211380119248057_3769160604967531102_o

Americana ficou um tanto esquecida no cenário até surgir há alguns anos pelos bons resultados nas categorias inferiores. A dupla Mariana de Moraes e Fábio Cremonez fizeram um trabalho desde a base e construíram um grupo de sucesso, primeiro local, depois estadual, regional e hoje nacional.

 

Foi deste grupo de trabalho que surgiu Murilo Setin Sartori, escolhido pelo segundo ano consecutivo como o Melhor Nadador Infantil do Brasil. Atleta de mão cheia, multi campeão no Chico Piscina, vencedor de tudo que disputou no Brasileiro de Verão e ainda único nadador infantil masculino presente ao Maria Lenk 2016. Terminou o ano vencendo tudo o que disputou e com novos recordes brasileiros de categoria nos 100, 200 e 400 metros nado livre.

15170965_10211378809855323_1864160191412274100_n

A equipe mudou de nome. Deixou de usar o nome do Rio Branco, ganhou uma nova identidade Natação Americana e o sucesso de 2016 foi apenas uma sequência do que aconteceu no ano passado. O clube terminou em quinto lugar na classificação geral do Brasileiro Infantil e o Mirim e Petiz fica com o título de Melhor do País em 2016 pelo levantamento da Best Swimming.

10676278_10205368725526971_8075178332029841970_n

Um resultado e tanto para uma cidade de 230 mil habitantes e localizada na região Noroeste do Estado de São Paulo, distante 125 quilômetros da Capital. Americana faz divisa com Santa Bárbara do Oeste e faz parte da grande Campinas.

15181629_10211349600045096_3514019834704687327_n

Abençoada pelo Padroeiro Santo Antônio de Pádua, a cidade de 141 anos de existência, já teve uma indústria textil mais forte e ganhou o nome de Americana pela imigração de americanos no século passado. O Prefeito é Omar Najar do PMDB, um entusiasta da natação local e que organizou uma carreata com a equipe campeã brasileira infantil em 2015 pela cidade. Najar, re-eleito com mais de 70% dos votos já foi consultado para uma reforma na já defasada piscina municipal. Uma ajuda faria muita diferença pois a garotada tem merecido.

4 respostas
  1. Rafael Rocha
    Rafael Rocha says:

    Os atletas do flu no Petiz 1 dominaram Coach… E só não lideraram o ranking pois não disputaram provas de 50 borboleta, 50 costas e 50 peito em nenhum momento do ano.

    Para se ter uma ideia, no ranking nacional top 10 de 100 livre tem 4 atletas do flu e no de 200 3.

    Os outros clubes citados tem menos destaques.

    Eu que acompanhei, considero hoje no petiz 1 masculino –
    Fluminense
    Unisanta
    curitibano

    Entendo o critério mas pelo número de atletas nos rankings e resultados, este são os melhores.

    Responder
  2. Mario Alves
    Mario Alves says:

    Olá! No sudeste petiz do segundo semestre de 2016 o Fluminense conseguiu seis ouros individuais nas provas citadas como formadoras do ranking, fora as de ouro e prata. No sudeste do primeiro semestre de 2016, a equipe petiz teve ao menos outras quatro medalhas de ouro. O clube sequer aparece a na lista total de medalhas. Poderiam explicar por qual razão?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *