Como tudo na Pandemia, o que vale para hoje, pode não valer nada para amanhã. Assim, não espere o dia D, nem a hora H, pois os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020+1 vão seguir nesta berlinda por algum tempo. Vale lembrar que o primeiro adiamento aconteceu em 24 de março do ano passado. Na época, a pressão internacional era enorme, e a situação da Pandemia menos pior do que estamos vivendo hoje.

Mesmo assim, o Governo Japonês insiste, quer e vai fazer a Olimpíada. O COI e os organizadores locais já definiram algo, novo adiamento não irá acontecer. Assim, ou os Jogos serão abertos no dia 23 de julho como previsto, ou serão cancelados.

O que está em discussão agora é a presença ou não de público. As duas opções estão em discussão e estudo. O Japão tem feito competições esportivas com presença limitada de público em jogos de beisebol, basquete, futebol, e todas com sucesso.

O Prefeito da Vila Olímpica Tóquio 2020, Saburo Kawabuchi, até comentou: “Fazer a Olimpíada sem público é como fazer uma comida sem tempero”.

A pressão de patrocinadores, mídia e até mesmo dos organizadores determina um prazo para que isso seja definido. Março é o mês M para que isso seja anunciado. Tomara que seja M de maravilhoso.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *