Aliaksandra Herasimenia foi prata nos 50 e 100 livre nos Jogos de Londres 2012, bronze nos 50 livre no Rio 2016. Atualmente, com 35 anos de idade, a única nadadora medalhista olímpica da história de Belarus está sendo acusada de conspiração em punição que pode chegar até 5 anos de prisão.

Desde o ano passado, Herasimenia faz parte e é uma das mais ativas integrantes do grupo BSSF, Belarus Sports Solidarity Fund, uma reunião de atletas, ex-atletas e desportistas que estão se mobilizando contestando o resultado das eleições presidenciais do país que re-elegeu mais uma vez o ditador Alexander Lukashenko.

Nas acusações a Herasimenia a indicação de que ela teria mentido em diversas postagens e manifestações na internet podendo ser enquadrada na parte 3 do artigo 361 da Constituição de Belarus. Se condenada, Herasimenia pode pegar até 5 anos de prisão.

Belarus deve participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio sob a bandeira da COI e, em caso de medalha de ouro, sem execução do seu hino nacional, por conta destas ações do Governo de Lukashenko.

Veja aqui a nota do Serviço de Inteligência de Belarus contra Aliaksandra Herasimenia (em russo):

https://sk.gov.by/ru/news-ru/view/sledstvennym-komitetom-vozbuzhdeno-ugolovnoe-delo-v-otnoshenii-aleksandry-gerasimeni-9858/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *