Seria até natural só vacinar depois da Seletiva Olímpica, mas a Austrália já começa na próxima semana a vacinação de seus atletas olímpicos e aí, incluindo, os nadadores. Como a Seletiva começa no dia 12 de junho, em Adelaide, a Swimming Austrália junto com o Comitê Olímpico da Austrália definiram que todos os atletas que possuem tempos menores ou iguais aos da final do último Mundial de Gwangju já podem receber as suas vacinas.

O Comitê Olímpico da Austrália adquiriu vacinas da Pfizer suficientes para todos os atletas olímpicos e paralímpicos e o programa de vacinação começa no dia 10 de maio.

Na terça-feira, através de uma reunião em teleconferência, treinadores e dirigentes da Swimming Austrália vão decidir quando será a segunda dose. Na programação estabelecida pelo Comitê Olímpico Australiano, com a primeira dose sendo no dia 10 de maio, a segunda seria no dia 31 de maio. Existem algumas opiniões resistentes da aplicação da segunda dose faltando pouco mais de 10 dias antes da Seletiva Olímpica da natação.

A opinião deste grupo de treinadores é deixar a segunda dose ser aplicada após a Seletiva Olímpica. Pelas orientações da vacina Pfizer, a distância entre a primeira e a segunda dose deve ter um mínimo de 21 dias e máximo de 42 dias. Entre as possíveis reações a vacina, na segunda dose, estão enjôo, febre, vômito, entre outros.

Na terça-feira, após a reunião, a Swimming Austrália bate o martelo.

NOTA DO BLOG – 

Este que vos escreve tomou as duas doses da Pfizer, não senti nada, mas é realmente verdade que acontecem algumas reações em algumas pessoas, mas somente na segunda dose.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *