Nenhum país mudou tanto, critérios, datas, formatos, convocados. O Canadá é disparado o país que mais alterou o seu sistema da Seletiva Olímpica desde o início da Pandemia. Confira abaixo todas estas mudanças para o último formato que agora está marcado para 19 a 23 de junho, em Toronto.

Março de 2020, antes mesmo do COI anunciar a mudança de data dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020 para 2021, o Comitê Olímpico do Canadá anuncia que não irá mandar sua equipe para a competição.

Julho de 2020, anunciado para abril de 2021, mesmo período que estava previsto a realização em 2020 a Seletiva Olímpica, mantendo formato e local, em Toronto.

Dezembro de 2020, mudanças radicais no formato da Seletiva Olímpica, agora não são mais índices e sim convocação por convites, apenas duas séries de 10 nadadores em cada prova, competição agora será em 24 a 28 de maio.

Dezembro de 2020, participação do Canadá em torneio de águas abertas nas Ilhas Caymãs é cancelado, nadadores que disputarão a Seletiva Olímpica da modalidade serão definidos pelos resultados em competições anteriores.

Janeiro de 2021, seis nadadores, todos medalhistas ou finalistas individuais do Campeonato Mundial de Gwangju em 2019, são pré-convocados para os Jogos Olímpicos sem a necessidade de passar pela Seletiva Olímpica. São eles: Kylie Masse (100 e 200 costas), Maggie Maciel (100 borboleta), Penny Oleksiak (200 livre), Sydney Pickrem (200 peito, 200 e 400 medley), Taylor Ruck (100 livre), Markus Thormeyer (200 costas).

Janeiro de 2021, Swimming Canadá anuncia que pretende incluir uma “repescagem” para possíveis vagas adicionais em junho.

Abril de 2021, Seletiva Olímpica muda de data de novo, agora 19 a 23 de junho.

1 responder
  1. Sandro
    Sandro says:

    Enfim, o maior “SAMBA DO CRIOULO DOIDO”. Não acho legal todas essas mudanças de datas e regras de classificação em espaços tão curtos de tempo, acaba com a programação de qualquer um. Que diferença da ” segurança e objetividade dos EUA” com a “insegurança e voluptuozidade” do Canadá.
    Sou da mesma opinião do Bruno Fratus, sou a favor da Seletiva Única para deixar os nadadores mais cascudos e trarimbados para a Olimpíada.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *