O nome dela é Cynthia Millen, e já apareceu na FOX News, em diversos sites e plataformas de extrema direita, os mais críticos da situação da nadadora trans Lia Thomas.

Millen, uma veterana árbitra de natação, anunciou que vai deixar de atuar nas competições de natação da USA Swimming por não concordar com “um homem disputando as competições entre mulheres”.

Aqui cabe uma explicação, sem entrar no mérito e discussão sobre o caso Lia Thomas, é que a nadadora trans não é atleta registrada na USA Swimming nem Millen é árbitra credenciada para atuar no NCAA deste ano.

Ou seja, é como deixar de comer brócolis por causa da vaca louca. Mas, reconheçamos, ela conseguiu o que queria…

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *