5f4f3a_8380bd68123f48df851ee08e51f972fd.jpg_srz_450_261_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srz

Mais uma estrela americana entra no “super grupo” de elite de David Marsh no SwimMac em Charlotte na Carolina do Norte. Desta vez, é o campeão olímpico dos 200 costas, Tyler Clary que fez o anúncio através do seu website para confirmar a saída do Club Wolverines, clube da Universidade de Michigan, e integrar a equipe do SwimMac.

É a segunda vez que Tyler deixa Michigan. Antes ele deixou a Universidade um ano antes de se formar para treinar especificamente para os Jogos Olímpicos de Londres e integrar a equipe do Swim Fast na Califórnia. Esta equipe se desfez e no ano passado Tyler retornou, agora como atleta profissional para treinar no Club Wolverine.

Na equipe do SwimMac, Tyler Clary vai ter dois bons nadadores de costas para enfrentar diariamente: Ryan Lochte e Nick Thoman. O anúncio de Clary foi exatamente no dia de seu aniversário e segundo ele “nada melhor do que comemorar com uma grande notícia”. Confira na íntegra o anúncio e o agradecimento de Tyler Clary ao Club Wolverines:

“O que pode ser mais excitante do que o seu aniversário? Talvez uma grande mudança na minha vida? Pois um rumor tem rodado que eu estaria me mudando para Charlotte. Deixa eu ser o primeiro a confirmar este rumor.
Sou extremamente agradecido a todos estes anos que passei na Universidade de Michigan. Desde que eu cheguei em Ann Arbor em 2007, minha vida mudou em muitos aspectos. Eu sou muito agradecido que tudo isso tenha sido para o meu bem. Mike Bottom e Josh White são as melhores coisas que aconteceram para Michigan em muitos anos. Eu tive o prazer de ver o programa mudar de uma equipe que ficava entre as dez melhores do NCAA para chegar ao título nacional, o primeiro desde 1995. E vai ganhar novamente este ano. Mike e Josh fizeram um trabalho tremendo criando uma atmosfera onde se respira sucesso e me fez ser testemunha do que para mim é uma nova era da natação de Michigan.
Por questões pessoais, eu estarei me mudando para Charlotte e em poucos dias. Como muitos de vocês sabem, meu sonho profissional depois de encerrar minha carreira de nadador é me tornar piloto de corrida. Eu quero dirigir na Stock car. Nesta última semana, eu tive uma série de reuniões com várias pessoas do ramo e foram muito melhores do que eu esperava. Durante estes dias, fiquei treinando com David Marsh no SwimMac. Treinar com Ryan Lochte e Cullen Jones sempre é divertido, e eu realmente gostei do que vi por lá. É uma forma diferente de treinar e trabalhar. Mesmo assim, não vou me ausentar por completo de Michigan. Quero continuar vindo treinar no Wolverines principalmente durante a minha fase de preparação geral. Estou me mudando para um lugar onde vou conseguir conciliar tanto o meu treinamento com a minha futura carreira de piloto. O futuro vislumbra grandes oportunidades e sou muito agradecido por todos aqueles que sempre me acompanham”.

Campeão mundial júnior em 2006, campeão olímpico em 2012.

Campeão mundial júnior em 2006, campeão olímpico em 2012.

Tyler Clary apareceu internacionalmente pela primeira vez em 2006 na primeira edição do Campeonato Mundial Júnior no Rio de Janeiro quando foi o melhor nadador da competição. No ano seguinte, retornaria ao Rio para os Jogos Pan Americanos onde foi medalha de prata nos 200 costas perdendo para Thiago Pereira.

Ficou perto, terminando em terceiro lugar na seletiva olímpica americana de 2008 para Beijing. Sua primeira seleção principal seria o Mundial de 2009 em Roma onde foi medalha de prata nos 400 medley. Em 2010, esteve no Pan Pacífico onde ganhou três medalhas de prata e no mesmo ano foi ao Mundial de Curta em Dubai onde foi prata nos 200 costas e dois bronzes nos 200 e 400 medley.

Voltou a subir ao pódio do Mundial de Shanghai em 2011 na China quando foi prata nos 400 medley e bronze nos 200 costas.

Com seu ouro em Londres 2012.

Com seu ouro em Londres 2012.

O seu tão desejado ouro viria em 2012 em Londres onde se sagrou campeão olímpico dos 200 costas. Antes dos Jogos, se envolveu numa polêmica onde declarou que Michael Phelps não havia se preparado de forma adequada para a Olimpíada. O caso ganhou a imprensa mundial e Clary pediu desculpas a Phelps e publicamente.

Tyler Clary tem 25 anos. Seu nome de nascimento é Scott Flowers, mas decidiu mudar de nome quando completou 18 anos de idade homenageando o seu pai adotivo, Lonnie Clary.

Visite o site oficial do nadador:
http://www.tylerclaryracing.com/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *