Daniel Dias, o maior medalhista do esporte paralímpico brasileiro vai numa missão pesada para estes Jogos Paralímpicos Rio 2016. É sua terceira Paralimpíada e boas chances de incrementar a sua coleção de 15 medalhas.

cr1phe4uaae75tc

Daniel está inscrito em seis provas individuais nos Jogos Rio 2016:
50, 100 e 200 livre, 50 borboleta, 50 costas, 100 peito, mais três revezamentos.

Na sua carreira, 15 medalhas, sendo 10 de ouro, quatro de prata e uma de bronze, currículo que coloca Daniel em destaque na história do esporte paralímpico:

* O maior número de medalhas de um atleta paralímpico é da nadadora americana Tischa Zorn que disputou os Jogos de 1980 a 2004 com 55 medalhas, sendo 41 de ouro, 9 de prata e 5 de bronze.

* Entre os homens, o canadense Michael Edgson, também da natação, é o maior medalhista da história com 21 medalhas, sendo 18 de ouro e três de prata.

* Daniel Dias aparece em 35o lugar no ranking entre todos os atletas paralímpicos no número de medalhas acumuladas. No ranking da natação, ele é o 18o.

* Nos Jogos de Beijing em 2008, Daniel Dias foi o maior medalhista não só da natação, mas como de toda competição com seis medalhas de ouro conquistadas.

* A maior medalhista de ouro em uma só Paralimpíada é a americana Trischa Zorn que nos Jogos de 1988 somou 12 medalhas, todas de ouro.

* Se contarmos apenas as medalhas de ouro em provas individuais, a italiana Maria Scutti nos Jogos de 1960 ganhou 10 medalhas de ouro, empatada com a campanha de Trischa Zorn em 1988.

cr1pddswaaayncq

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *