Já são mais de 50 recordes mundiais e mais de 30 recordes paralímpicos, mas acabou sendo a prova dos 100 metros nado livre classe S10 masculino a mais esperada, disputada e emocionante. Prova que deu ao Brasil mais duas medalhas, uma prata para André Brasil e um bronze para Phelipe Rodrigues mantendo os dois como medalhistass em três Paralimpíadas consecutivas nesta prova.

Eram quatro nadadores para três vagas no pódio, dois brasileiros, André Brasil e Phelipe Rodrigues, dois ucranianos Maksym Krypak e Denys Dubrov. Nas eliminatórias, Krypak foi o melhor com 51.52, seguido por Dubrov 51.76 e Phelipe completando os três abaixo dos 52 segundos com 51.96. André foi o único que se poupou entrando com o quinto tempo 54.53.

Na final, Phelipe que havia sido o mais rápido da manhã (24.44), voltou a usar a velocidade e saiu na frente passando com 24.24. André virou em segundo empatado com Krypak com 24.64. Na altura dos 75 metros parecia que André crescia na prova e iria para a liderança numa linha onde todos estavam emparelhados. Nos 15 metros finais, entretanto, foi a vez de Krypak fazer o seu movimento e fechar a prova melhor levando com 51.08, um centésimo acima do recorde paralímpico da prova.

André chegou em segundo, ainda levantou a cabeça na chegada mas levou a prata com 51.37 e Phelipe completou o pódio com 51.48.

Mesmo sem ter sido quebrados os recordes mundial (50.87 de André Brasil) e paralímpico (51.07 de André Brasil), e até mesmo tendo André vencido esta prova no Mundial de Glasgow no ano passado (51.15), a prova ganhou uma nova dimensão. A classe S10 ficou muito mais competitiva e marcou estes 100 metros nado livre como a melhor prova de toda competição.

14249848_1363341127028187_1366159451446952003_o

Outros resultados brasileiros:
400 livre S6 masculino – Talisson Glock 4o 5:17.24
200 medley SM7 feminino – Veronica Almeida desclassificada
100 livre S10 feminino – Mariana Ribeiro 6o 1:02.75
50 livre S9 masculino – 7o Ruiter Silva 26.62

Vencedores das provas de terça-feira:
400 livre S6 masculino – Francesco Bocciardo da Itália 5:02.15
400 livre S6 feminino – Yelyzaveta Mereshko da Ucrânia 5:17.01 recorde paralímpico
200 medley SM7 masculino – Ievgenii Bogodaiko da Ucrânia 2:30.72 recorde mundial
200 medley SM7 feminino – Nikita Howarth da Nova Zelândia 2:57.29
100 livre S10 masculino – Maksym Krypak da Ucrânia 51.08
100 livre S10 feminino – Aurelie Rivard do Canadá 59.31 recorde paralímpico
100 peito SB11 masculino – Bozun Yang da China 1:10.08 recorde mundial
100 peito SB11 feminino – Xiatong Zhang da China 1:23.02 recorde mundial
100 peito SB12 masculino – Uladzimir Izotau de Belarus 1:06.82 recorde paralímpico
100 costas S8 masculino – Cong Zhou da China 1:02.90 recorde mundial
100 costas S8 feminino – Stephanie Millward da Grã-Bretanha 1:13.02 recorde paralímpico
50 livre S9 masculino – Matthew Wylie da Grã-Bretanha 25.95
50 livre S9 feminino – Michelle Konkoly dos Estados Unidos 28.29 recorde paralímpico
50 livre S3 masculino – Wenpan Huang da China 39.24 recorde mundial
200 lvire S4 masculino – Gi Seong Jo da Coreia do Sul 3:01.67

Link para todos os resultados:
https://www.rio2016.com/paralimpiadas/natacao-calendario-e-resultados/dia-13

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *