Quatro nadadores foram relacionados para a categoria de Melhor Infantil da Década, todos multi campeões brasileiros, multi recordistas, conquistando índices técnicos e troféus eficiência. Tem algo, entretanto, que só Lucas Tudoras conseguiu.

 

 

Foi quase um desafio, o Campeonato Brasileiro Infantil de Inverno de 2018 permitia um total de até oito provas por atleta, uma novidade implantada pela CBDA para aquele ano. Era a volta dos Campeonatos Nacionais de Inverno e a piscina do Internacional de Santos recebeu a competição com um inverno fora de época. Para piorar, a improvisada piscina de soltura estava geladíssima, era impossível soltar entre as provas.

Lucas Tudoras cumpriu uma missão (quase) impossível vencendo tudo que nadou, da prova mais rápida os 50 livre, a mais longa os 1500 livre, 100 e 200 costas, 100 borboleta, 400 livre, 200 medley e na última, os 200 borboleta fechou com novo recorde brasileiro de categoria derrubando uma marca que era de Lucas Salatta.

 

Se contabilizarmos os revezamentos, eliminatórias e finais, os aquecimentos e as solturas feitas após as etapas, Tudoras nadou mais de 10 quilômetros em Santos. Voltou para casa com nove medalhas de ouro, pois ainda foi o líder do revezamento campeão do 4×200 metros nado livre do Paineiras.

 

Excelente trabalho de formação do técnico Zé Ricardo que sedimentou resultados ainda mais expressivos para as temporadas seguintes fazendo  hoje Lucas Tudoras ser um dos mais promissores nadadores da base no Brasil.

Lucas Tudoras é o Melhor Infantil da Década. 

Também foram nominados e votados pela ordem: Murilo Sartori, Brandonn Almeida e Stephan Steverink.

 

Veja a última prova, o ouro com recorde brasileiro dos 200 metros borboleta de Lucas Tudoras no Brasileiro Infantil de Inverno em 2018:

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *