Murilo Sartori era o nadador mais jovem da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires, em 2018. Era o primeiro nadador juvenil a fazer parte da equipe nacional nas três edições que o evento foi realizado. Aos 16 anos de idade, Sartori chegou a final dos 200 metros nado livre marcando o segundo tempo das eliminatórias (1:49.02). Na final, ficou em sexto lugar com 1:49.22.

 

 

No dia seguinte recebeu a missão de abrir o revezamento 4×100 metros nado livre do Brasil que terminou com a medalha de prata nadando ao lado de Lucas Peixoto, André Calvelo e Vitor de Souza.

Nos dois anos de categoria no Juvenil, Sartori passou invicto nas suas provas, se tornou no primeiro nadador da história do Chico Piscina a vencer os quatro anos das provas de 200 e 400 livre além de ter sido índice técnico em todas as competições nacionais.

 

Murilo Sartori e Fábio Cremonez

Sartori é produto de um trabalho muito bem planejado na cidade de Americana, no interior de São Paulo. Um programa pequeno, de grande tradição, poucos atletas, mas muita qualidade de trabalho. O programa é planejado e a constante melhora apenas comprova toda esta estrutura.

Há alguns anos, o Natação Americana foi o campeão do Ranking Nacional Mirim e Petiz, um controle que a Best Swimming faz anualmente pelo ranking das competições regionais pelo país. Sartori fazia parte daquele time que depois brilhou no Infantil, no Juvenil e agora está entre os melhores nadadores júniors do país.

 

Jogos Olimpicos da Juventude Buenos Aires 2018 ? 08/10/2018 – Jogos Olimpicos da Juventude 2018 – Na foto o atleta Murilo Sartori durante a prova dos 200m livre. Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

A dupla de treinadores Mariana de Moraes Cremonez e Fábio Cremonez tem participação direta nestes resultados e desenvolvimento. São profissionais que conseguiram, mesmo com todas as dificuldades, estabelecer um programa consolidado e vitorioso. Murilo Sartori é apenas produto de tudo isso.

Melhor Nadador Juvenil da Década é Murilo Sartori. 

Também foram nominados e receberam votos pela ordem: Stephan Steverink, Brandonn Almeida e  Gustavo Saldo.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *