Disputa apertadíssima e decidida por poucos votos. Stephanie Balduccini foi escolhida como vencedora do Troféu Best Swimming 2020 a Melhor Nadadora Juvenil da Década numa temporada acidentada, mas com resposta em alto nível. No ano passado, ela havia se tornado a primeira nadadora da história da natação brasileira a ser campeã nacional em provas nos quatro estilos na mesma competição. Isso jamais havia acontecido, em nenhuma categoria.

 

 

Foi uma missão de nove provas individuais em quatro dias de competição, vitórias nos 50 e 100 livre, 100 e 200 costas, 100 peito, 100 borboleta e 200 medley, mais prata nos 800 livre e bronze nos 400. Para completar o desempenho ainda foi enriquecido por recorde de campeonato nos 50 livre, e recordes brasileiros de categoria nos 100 livre 100 borboleta.

 

 

O ano de 2020 foi o segundo na categoria Juvenil para Stephanie. A oportunidade recebida foi o Troféu Brasil onde se sagrou campeã dos 100 livre e pratas nos 100 borboleta e 50 livre. No borboleta, estabeleceu recorde brasileiro de categoria e os 50 livre lhe deu o passe para seguir na disputa da prova de skins terminando como campeã.

Os resultados só reforçaram a impressão de que Stephanie Balduccini está na briga por uma possível vaga no revezamento 4×100 metros nado livre para Tóquio. Se isso acontecer, ela será a mais jovem nadadora a fazer parte da equipe olímpica da natação do Brasil desde os Jogos de 1972.

 

 

Stephanie Balduccini é a Melhor Juvenil da Década. 

Também foram votadas pela ordem: Fernanda Celidônio, Fernanda Delgado e Rafaela Raurich.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *