A australiana Shayna Jack vai a julgamento novamente. Agora, é uma apelação da Sport Integrity Australia, a agência de controle anti-dopagem australiana, que contesta a decisão do CAS/TAS que reduziu de quatro para dois anos a suspensão da nadadora.

Shayna Jack testou positivo para Ligando em teste surpresa realizado antes da disputa do Campeonato Mundial de Gwangju. Inicialmente suspensa por quatro anos, o CAS/TAS reduziu para dois anos terminando no dia 11 de julho deste ano.

O Sport Integrity Australia contesta a redução e pede que a pena máxima seja aplicada a nadadora. O CAS/TAS anunciou hoje que o julgamento será realizado nos dias 28 e 29 deste mês.

Falando em CAS/TAS ainda não temos decisão do caso Sun Yang julgado no mês passado. Pelas informações prévias, a decisão deve sair até o final deste mês.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *