Faleceu no dia 9 de maio o nadador paralímpico ucraniano Denys Dubrov. Com 33 anos de idade, tinha uma doença degenerativa que lhe tirou a vida.

Dubrov foi revelado para o Mundial no Campeonato Mundial Júnior no Rio de Janeiro em 2006, foi medalhista de bronze nos 200 medley. Ele ainda brilharia um bocado na natação convencional inclusive disputando o Mundial de 2009 onde nadou as provas de 100 e 200 borboleta, 200 medley e 4×100 medley. Até chegou a semifinal dos 200 medley.

Naquele ano, Dubrov quebrou o recorde nacional da Ucrânia nos 200 medley com 2:00.53, recorde que se mantém até hoje imbatível.

Nos próximos anos, Dubrov passou a ser acometido dos sintomas da doença degenerativa que primeiro lhe colocaram na natação paralímpica, primeiro por condições terapêuticas, mas depois de volta ao processo competitivo. Começou na classe S10 e foi sendo reclassificado até terminar na classe S8.

No ano passado, Dubrov estava no time da Ucrânia nos Jogos Paralímpicos de Tóquio onde foi ouro nos 200 medley e duas vezes medalhista de bronze.

Terminou a carreira com 11 medalhas paralímpicas, 3 em Mundiais e 11 em Europeus. É o único nadador paralímpico da história com recorde nacional absoluto na natação convencional de qualquer país do mundo.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.