Autor • Alex Pussieldi direto de Omaha
Fonte • Best Swimming

USA Swimming

Logo do USA Olympic Trials 2012

Quase dois mil nadadores com índices alcançados desde 1o de outubro de 2009 até há duas semanas. O 2012 USA Olympic Trials tem provas em que o índice é realmente bem forte.

Índices: 

 

MASCULINO PROVAS FEMININO
23.49 50 LIVRE 26.39
51.49 100 LIVRE 57.19
1.52.89 200 LIVRE 2.03.19
3.59.99 400 LIVRE 4.19.39
  800 LIVRE 8.50.49
15.53.59 1500 LIVRE  
57.59 100 COSTAS 1.03.99
2.04.99 200 COSTAS 2.17.99
1.04.69 100 PEITO 1.12.19
2.20.79 200 PEITO 2.35.99
55.29 100 BORBOLETA 1.01.99
2.03.99 200 BORBOLETA 2.16.49
2.06.59 200 MEDLEY 2.19.49
4.30.49 400 MEDLEY 4.55.89

E traz números que soam aberrantes para nós: 

* 120 nadadores nos 400 medley masculino e último colocado tem 4:30:49. 

* 166 nadadoras nos 100 borboleta e 27 delas nadando abaixo do um minuto. 

* Nos 400 livre masculino, são oito abaixo dos 3:50 e 118 abaixo dos quatro minutos. 

* Nos 200 livre masculino, são 22 nadadores abaixo do 1:50. 

* 37 nadadoras nadam os 100 peito abaixo de 1:10. 

* Nos 200 livre feminino, são 27 nadadoras abaixo dos dois minutos. 

 

A pergunta que fica no ar é: com estes índices tão fortes, quantos nadadores brasileiros poderiam nadar o USA Olympic Trials. Utilizamos apenas os tempos alcançados nas finais do Troféu Maria Lenk 2012 e os resultados não foram nada positivos. 

A nossa pior prova, os 200 costas feminino, não teríamos nenhuma nadadora tendo feito a marca de 2:17:99. Ainda bem que temos uma Joanna Maranhão, ela evitou não termos nenhuma nadadora com os índices nas provas de 200 borboleta, 200 e 400 medley onde é a única que conseguiu nadar abaixo da marca exigida pelo USA Olympic Trials. A melhor prova feminina é os 100 livre onde 10 nadadoras fizeram abaixo dos 57:19 do índice americano. 

No masculino, a situação é melhor, bem melhor. A pior prova, sem surpresa, os 1500 livre e os 400 medley onde apenas seis conseguiram nadar abaixo dos 15:53:59 e 4:30:49 respectivamente. A melhor prova masculina é também a melhor feminina, os 100 livre onde 16 nadadores fizeram abaixo dos 51:49 da marca do USA Olympic Trials. 

Confira o quadro que indica o número de nadadores brasileiros que alcançou marca para nadar o USA Olympic Trials nas finais do Maria Lenk 2012: 

 

MASCULINO PROVAS FEMININO
15 50 LIVRE 7
16 100 LIVRE 10
11 200 LIVRE 4
9 400 LIVRE 3
  800 LIVRE 2
6 1500 LIVRE  
13 100 COSTAS 2
8 200 COSTAS 0
14 100 PEITO 4
10 200 PEITO 3
13 100 BORBOLETA 7
7 200 BORBOLETA 1
11 200 MEDLEY 1
6 400 MEDLEY 1
0 respostas
  1. Luis Adriano
    Luis Adriano says:

    Interessante. Mas o mais curioso é que hoje (3 de julho) há um editorial na página da Swimming World cobrando um endurecimento imediato dos índices para nadar os USA Trials, pois com esses índices “frouxos” a competição ficou uma confusão, com atletas demais !!! Ou seja: a situação é muito pior do que parece.

    Responder
  2. valladares
    valladares says:

    Essa comparação é muito interessante, mostra que pra ter uma natação forte precisa de muita gente nadando.
    Também gostei muito do aberrante. É uma mistura de aberração com gritante?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *