Discussões técnicas e polêmicas, veja abaixo como foi o Congresso Técnico de Abertura do Troféu Maria Lenk 2017.

* Na mesa, Gustavo Licks, administrador provisório da CBDA, Jorge Bichara, representante do COB, Ricardo Prado, supervisor de esportes da CBDA, Gustavo Otsuka representante da Federação Aquática do Rio de Janeiro e Romulo Noronha, supervisor de natação da CBDA.
* Houve mudanças em relação a estrutura montada inicialmente pelo COB e divulgada no Diário do Maria Lenk da Best Swimming. Teremos duas arquibancadas, uma só para pais e outra exclusiva para atletas.
* O acesso pela Abelardo Bueno também está autorizado para os atletas que terão ainda a opção pela entrada lateral onde entram os ônibus.
* Na piscina de aquecimento serão montadas duas tendas com mesas de massagem para os clubes que não possuem massagistas e/ou este pessoal de apoio. Tais tendas são de iniciativa do COB.
* O estacionamento ficará disponível na Jeunesse Arena e custará 15 reais por etapa.
* Na parte lateral da piscina foram instaladas cadeiras para os treinadores ficarem durante a competição. Tal área é destinada para os treinadores, mas atletas poderão ter acesso para receber instrução dos mesmos.
* A organização confirmou a presença de food trucks de quinta até sábado.
* Marcelo Fonseca é o árbitro geral da competição junto com outros dois árbitros FINA, Maria Cristina Ferreira dos Santos de Santa Catarina e Regina Thon do Paraná.
* A competição vai ter os seguintes horários:
De terça a quinta-feira:
Eliminatórias
aquecimento 8:00, início 9:30
Finais
aquecimento 16:00, início 17:30
Na sexta-feira, dia com tranmissão das finais pelo SporTV
Eliminatórias
aquecimento 8:00, início 9:30
Finais
aquecimento 17:30, início 19:00
No sábado, dia com tranmissão das finais pelo SporTV
Eliminatórias
aquecimento 9:00, início 10:30
Finais
aquecimento 17:30, início 19:00
* As provas vão ser rodadas no sistema de finai A e B, sendo que as finais extras, com nadadores que brigam por vagas para a Seleção Brasileira Júnior nadarão ao final das etapas.
* A CBDA informou que irá utilizar a tabela 2016 de índices técnicos para efeito de classificação dos oito melhores índices técnicos das Seleções para o Mundial de Budapeste e do Mundial Júnior de Indianápolis.
* A CBDA tem a possibilidade de incrementar o número de atletas para as Seleções que vão aos Mundiais, sendo a prioridade para o Mundial de Budapeste. Em tema bem polêmico, e que gerou bastante discussão, para as vagas extras serão consideradas as provas não-olímpicas.
* Confirmada a convocação da Seleção Brasileira que irá nadar os Jogos Sul-Americanos da Juventude em Santiago, no Chile, em setembro. São nove atletas masculino e feminino, nascidos entre os anos 2000 a 2003. Esta convocação só será anunciada após a convocação dos Mundiais e os resultados avaliatórios são da temporada de 2016.
* Outro tema que gerou discussão foi a impossibilidade da utilização do sistema de escape para revezamento com o acessório para a saída de costas. A questão é que para a utilização do acessório, não será possível ter as placas para as provas de revezamento. O assunto não teve aprovação da assembleia e ficou determinado que a arbitragem tomará a decisão respeitando as regras da FINA.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *