Ainda não terminou a dor de cabeça dos dirigentes esportivos em tentar reorganizar o calendário internacional de competições com a Pandemia e a mudança de data dos Jogos Olímpicos para 2021. O Campeonato Sul-Americano Juvenil inicialmente seria em março/abril de 2021, depois outubro de 2021 e agora pode passar para 2022.
No primeiro quadrimestre de 2021 a CONSANAT tem o Sul-Americano Absoluto que será em Buenos Aires, na Argentina. Assim, a intenção era passar o evento para o segundo semestre, outubro de 2021, mantendo a sede inicial, Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.
Acontece que este ano, em outubro, estava previsto a organização da 1a edição dos Jogos Bolivarianos da Juventude. A competição é organizada pela ODEBO, Organização Desportiva Bolivariana, e teria de 17 a 30 de outubro de 2020, em Sucre, na Bolívia. Com a Pandemia, o evento já foi transferido para o mesmo período em 2021.
Por ser um evento multi-esportivo, que inclusive possui natação, e com a presença de sete países (Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, Perú, Venezuela), a CONSANAT está sendo forçada a revisar a data do Sul-Americano Juvenil, e a tendência é passar o evento para o ano seguinte.
O assunto ainda está em discussão, mas a tendência é bastante forte. Vale destacar que, em caso de transferência da competição para 2022, as datas de nascimento dos atletas participantes seria mantida como se fosse em 2021.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *