CBDA determinou que o Troféu Brasil da próxima semana no Rio de Janeiro e o resultado das seletivas estaduais serão a seletiva única de formação da Seleção Brasileira que disputará o Campeonato Sul-Americano Absoluto em Buenos Aires, na Argentina, de 16 a 19 de março do próximo ano.

Aqui vamos detalhar os critérios e a boa oportunidade para se competir internacionalmente na abertura do próximo ano:

A competição
Sul-Americano absoluto é sempre uma grande competição. Todos os países da América do Sul enviam suas principais estrelas e todos polidos e preparados para o evento. Diferente do Brasil, os países sul-americanos usam o critério de múltiplas seletivas, ou seja, os atletas nadam em busca das marcas A para garantir suas vagas olímpicas. Garantia de nível alto de disputa.

Além disso, a data, 16 a 19 de março, exatamente quatro semanas antes da disputa da Seletiva Olímpica do Brasil, encaixa perfeito na preparação final dos atletas.

O local também ajuda, a piscina do Parque Olímpico de Buenos Aires inaugurada para os Jogos Olímpicos da Juventude de 2018 é um dos melhores complexos do continente.

As categorias
A CBDA tomou uma decisão em conjunto com o Conselho Técnico de Alto Rendimento deliberando em enviar a nova geração para representar o Brasil. Algo inédito em se tratando de Sul-Americano Absoluto e que vai beneficiar os nadadores entre 17 a 21 anos feitos em 2020, ou nascidos entre 1999 a 2003. Este grupo de idades é o mesmo que disputará os Jogos Pan Americanos Júniors no próximo ano.

As disputas
Para manter o equilíbrio de condições iguais a todos os postulantes as vagas, a CBDA determinou que somente as marcas alcançadas nas eliminatórias do Troféu Brasil e tentativas únicas nas seletivas estaduais serão consideradas como tempos a serem considerados. Isso vai incrementar muito o nível das eliminatórias do Troféu Brasil para este grupo de idades.

As vagas
São 28 no total, 14 masculino e 14 no feminino, sendo dois atletas por cada prova. O Brasil vai com equipe completa.

Os critérios pela ordem
1. Melhor tempo dos 50 livre, desde que esteja entre os 6 primeiros dos 100 livre
2. Dois melhores tempos dos 100 livre
3. Dois melhores tempos dos 200 livre
4. Melhor tempo dos 400 livre
5. Melhor índice técnico entre as provas dos 800 e 1500 livre
6. Melhor índice técnico entre as provas dos 200 e 400 medley
7. Melhor índice técnico entre as provas de 100 e 200 peito
8. Melhor índice técnico entre as provas de 100 e 200 costas
9. Melhor índice técnico entre as provas de 100 e 200 borboleta

As três vagas restantes serão preenchidas:
* melhores índices técnicos nas provas olímpicas pela ordem respeitando dois atletas por prova até completar a delegação
* em caso de empate no índice técnico, decisão pela segunda prova de cada atleta

Confira o boletim oficial da CBDA com as informações do Sul-Americano 2021 e os critérios de convocação:
Criterios Sula 2021 minuta

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *