A Fundação Konex é uma importante organização criada em 1980 e que anualmente reconhece e premia os maiores nomes de destaque da Argentina nos mais diferentes campos de atuação. Neste ano de Pandemia, a Konex decidiu reconhecer os destaques da década. O jogador Lionel Messi foi premiado com o reconhecimento maior, o Konex de Brilhante.

 

Pódio do Mundial de Kazan 2015

Federico Grabich foi reconhecido como o Nadador da Década sendo um dos 23 atletas das diferentes modalidades que receberam o Konex de Platina. Veja a lista de todos eles aqui:

https://www.fundacionkonex.org/n1346-premios-konex-2020-deportes–los-konex-de-platino-y-de-brillante

Federico Grabich nasceu em 26 de março de 1990, na pequena Casildas, uma cidade da Província de Santa Fé, apenas 35 mil habitantes e que fica a 335 quilômetros da capital Buenos Aires.

Grabich foi medalhista de bronze nos 100 metros nado livre no Mundial de Kazan, em 2015, além de ser medalhista em Jogos Pan Americanos nas três últimas edições: 2011, 2015 e 2019. São cinco medalhas, um ouro, uma prata e três bronzes.

2015 foi o ano de maior destaque da carreira do nadador. Foi campeão panamericano dos 100 livre e vice dos 200 livre em Toronto, depois bronze no Mundial de Kazan e ainda foi prata na Copa do Mundo de Doha, no Catar.

 

Monica Gherardi com Federico Grabich

Um dos mais interessantes fatos da carreira de Grabich é a sua treinadora Monica Gherardi. Amiga pessoal da mãe do nadador, foi ela que incentivou o jovem atleta nas primeiras braçadas. Depois seguiu com ele por toda carreira. Grabich até tentou períodos de treinamento fora do país, na Austrália com Chris Nesbit, e na Espanha com Fredy Vergnoux, mas sempre retornou para Gherardi onde permanece até hoje.

Federico Grabich esteve em duas Olimpíadas, Londres 2012 e Rio 2016, em ambas não passou das eliminatórias. Seu melhor resultado foi duas vezes 22o colocado nos 100 e 200 livre da Olimpíada do Rio.

Grabich tem três recordes nacionais da Argentina: 48.11 nos 100 livre e 1:47.39 nos 200 livre em piscina longa, e 1:45.55 nos 200 livre em piscina curta.

Veja a medalha de ouro de Federico Grabich nos 100 livre do Pan de 2015: 

 

Aqui, filmado direto da TV, o bronze dos 100 livre em Kazan 2015. 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *