Esta será a segunda Paralimpíada consecutiva que Ihar Boki volta para Belarus como o nadador com mais medalhas na competição. A estatística pode inclusive ser extensiva a todos os esportes, pois ainda faltando uma prova, Boki já acumula cinco medalhas de ouro em Tóquio.

Quem está mais próximo tem três medalhas de ouro, são quatro atletas, dois nadadores, um do hipismo e um da esgrima com cadeira de rodas. Boki ainda nada uma prova, os 100 peito, sua pior prova e onde ele ficou em terceiro lugar no Rio 2016.

Com as cinco medalhas de ouro de Tóquio, somadas as seis do Rio 2016 e outras cinco de Londres 2012, Ihar Boki agora acumula um total de 16 medalhas de ouro paralímpicas, mais uma prata, e outro bronze, total de 18 medalhas.

 

Quando entrou nesta Paralimpíada, Boki tinha 11 medalhas de ouro, com as cinco, passou Daniel Dias (14) e agora iguala ao britânico Mike Kenny com 16 medalhas de ouro, o segundo maior medalhista masculino da natação paralímpica. Na sua frente, apenas o canadense Michael Edgson que se aposentou com 18 ouros.

Boki está balizado com o quinto tempo nos 100 peito. Assim, não será em Tóquio que ele vai se sagrar o maior medalhista da história, mas com 27 anos de idade, faltando três para Paris 2024 e principalmente pela grande diferença que ele coloca em suas provas, é bem provável que Boki realize esta façanha na próxima Paralimpíada.

Em Tóquio, Boki além das cinco provas, cinco vitórias, ainda bateu os recorde mundiais dos 100 costas e 200 medley e o recorde paralímpico dos 100 borboleta, ambos já eram seus.

No total, ele acumula 11 recordes mundiais em piscina longa:
50 livre – 23.20 de 2015
100 livre – 50.65 de 2018
200 livre – 1:50.34 de 2019
400 livre – 3:55.56 de 2013
800 livre – 8:35.66 de 2019
50 costas – 26.21 de 2018
100 costas – 56.36 de Tóquio
200 costas – 2:06.29 de 2019
100 borboleta – 53.72 de 2021
200 borboleta – 2:04.06 de 2018
200 medley – 2:02.70 de Tóquio

 

Tóquio é sua terceira Paralimpíada, confira sua campanha em cada uma:

Londres 2012
5 ouros – 100 livre, 400 livre, 100 costas, 100 borboleta, 200 medley
1 prata – 50 livre

Rio 2016
6 ouros – 50, 100, 400 livre, 100 costas, 100 borboleta, 200 medley
1 bronze – 100 peito

Tóquio
5 ouros – 50 livre, 400 livre, 100 costas, 100 borboleta, 200 medley

Natural de Babruysk, Ihar Boki tem 27 anos, mora e treina em Minsk, onde se graduou em direito na Universidade Estatal de Belarus.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *