A FINA foi fundada em 19 de julho de 1908, porém, até hoje, a entidade nunca oficializou o Dia da Natação Mundial como a data de sua fundação. Diferente disso, nos últimos anos, a Semana FINA, tem sido celebrada no mês de julho, mas permitindo flexibilidade para as federações nacionais ajustarem a seus calendários nacionais.

Abaixo, relacionamos uma série de países que já oficializaram suas datas oficiais e os motivos para a escolha. Caso você saiba de alguma outra nação, enviar para a Best Swimming.

Venezuela – 12 de fevereiro
Rafael Vidal ainda é o único nadador venezuelano a ser medalhista olímpico, ele foi bronze nos 200 borboleta nos Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1984. Em 12 de fevereiro de 2005, Vidal foi vítima de um acidente automobilístico que custou sua vida, aos 41 anos de idade. A data é marcada todos os anos por um revezamento gigante onde nadadores em todos os clubes nadam uma distância que ao final é somada. O registro virou o evento “Um milhão de metros por Rafael Vidal”.

Equador – 27 de março
A data escolhida comemora o feito de apenas quatro nadadores equatorianos que conseguiram numa campanha histórica vencer o Campeonato Sul-Americano Absoluto em 27 de março de 1938. “Los cuatro mosqueteiros” são relembrados e comemorados todos os anos.

Cuba – 30 de junho
Em 1999, o Instituto de Desportes do Governo de Cuba, instituiu a data de 30 de junho como o Dia da Natação Cubana em homenagem ao nascimento do nadador Leonel “Bebito” Smith, um famoso atleta que brilhou na década de 30 e que também se destacou por ensinar milhares de jovens a nadar.

México – 7 de julho
Guillerme Echeverria Perez estabeleceu o único recorde mundial por um nadador mexicano em 7 de julho de 1968, prova dos 1500 livre, em uma competição nos Estados Unidos. Desde então, a data virou o Dia da Natação Mexicana.

Brasil – 2 de agosto
Dia em que Tetsuo Okamoto ganhou a primeira medalha olímpica do Brasil, bronze nos 1500 livre dos Jogos de Helsinque 1952, e mesmo dia para Ricardo Prado ganhar a primeira medalha de Mundial para o Brasil, ouro nos 400 metros do Mundial de Guayaquil 1982. A data foi aprovada pela Comissão de Esportes da Câmara Federal em projeto do Deputado Luiz Lima.

Argentina – 8 de agosto
Alberto Zorrilla ganhou a primeira (e única) medalha de ouro da natação argentina nos Jogos Olímpicos de Amsterdã em 1928 na prova dos 400 livre. A data foi oficializada e comemorada todos os anos.

Japão – 14 de agosto
Em 14 de agosto de 1932, o Japão fez a sua melhor campanha olímpica da história, foram 12 medalhas na natação dos Jogos de Los Angeles, sendo cinco de ouro. A data de 14 de agosto foi adotada há poucos anos.

Ucrânia – 16 de setembro
Data celebra a primeira medalha de ouro da Ucrânia em Jogos Olímpicos. Yana Klochkova venceu os 400 medley nos Jogos de Sydney em 2000 na sua primeira das quatro medalhas de ouro que ganharia na carreira. A data foi oficializada pelo Governo e celebrada anualmente.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *