O australiano Kyle Chalmers ficou a três centésimos do melhor tempo do mundo no ano ao vencer os 100 metros nado livre no segundo dia da Copa do Mundo de Budapeste, na Hungria.

Chalmers nadou para 45.50, liderando desde o início com 21.80 e voltando 23.70. A melhor marca da temporada é de Caeleb Dressel na ISL com 45.47. Chalmers também está se aproximando do recorde australiano que ainda é de Matthew Abood desde 2009 com 45.46.

Outro destaque da etapa de hoje foi a vitória do sul-africano Matthew Sates, a sétima vitória no circuito da Copa do Mundo, agora levando os 200 medley com 1:53.43. Sates esteve na frente no início (borboleta) e no final (livre) com o lituano Danas Rapsys tomando a liderança nos parciais intermediários. Veja os parciais dos dois:
Sates – 24.17, 53.56 (29.39), 1:26.26 (32.70), 1:53.43 (27.17)
Rapsys – 24.49, 53.38 (28.89), 1:27.56 (34.18), 1:54.11 (26.55)

Vencedores:
400 medley feminino – Ilaria Cucinato da Itália 4:31.35
1500 livre masculino – Florian Wellbrock da Alemanha 14:42.70
50 costas masculino – Kristof Milak da Hungria 23.08
200 livre feminino – Madison Wilson da Austrália 1:53.82
200 medley masculino – Matthew Sates da África do Sul 1:53.43
100 costas feminino – Kira Toussaint dos Países Baixos 55.72
50 peito masculino – Peter Stevens da Eslovênia 26.22
50 borboleta feminino – Emma McKeon da Austrália 24.97
100 livre masculino – Kyle Chalmers da Austrália 45.50
100 peito feminino – Nika Godun da Rússia 1:04.71
200 borboleta masculino – Tom Shields dos Estados Unidos 1:51.18

Link dos resultados completos:
https://www.omegatiming.com/2021/fina-swimming-world-cup—budapest-hun-live-results

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *