Confira os resultados e destaques prova a prova do primeiro dia:

400 livre infantil feminino –
Duas vezes, melhor nas eliminatórias (4:29.42) do que na final (4:29.59), mas pela primeira vez Ana Carolina Ghellere do Paraná quebrou a barreira dos 4:30. Campeã brasileira de inverno com 4:34.33, teve a prova sempre sob o seu domínio e deu ao Paraná a primeira medalha de ouro da competição.

Pódio da prova:
1o Ana Carolina Ghellere do Paraná 4:29.59
2o Isabella Toniolo do Rio de Janeiro 4:35.55
3o Helena Ferreira do Espírito Santo 4:36.36

400 livre infantil masculino –
Dobradinha do Distrito Federal, Guilherme de Carvalho campeão e Pedro Henrique Neves vice, os dois já haviam feito melhores marcas pessoais nas eliminatórias e sendo os dois abaixo do 4:20. Na final, Carvalho tomou a ponta depois dos 200 metros para vencer com 4:12.21, um segundo a frente de Neves.

Pódio da prova:
1o Guilherme de Carvalho do Distrito Federal 4:12.21
2o Pedro Henrique Neves do Distrito Federal 4:13.27
3o André Albuquerque do Rio de Janeiro 4:15.56

400 livre juvenil feminino –
Prova boa e equilibrada, no final Luiza Lima do Rio de Janeiro acelerou para vencer com 4:24.25 muito próximo da sua marca feita no Brasileiro de Inverno (4:24.01).

Pódio da prova:
1o Luiza Lima do Rio de Janeiro 4:24.25
2o Tyara Fernandes Ramos do Espírito Santo 4:25.73
3o Sophia Coleta de São Paulo 4:26.46

400 livre juvenil masculino –
Segunda vitória do Rio de Janeiro, esta ainda mais esperada e sem dificuldade para João Pierre. Cauê Gluck do Paraná saiu forte (2:00.45 nos primeiros 200 metros) depois de um bom 4:09 nas eliminatórias, mas cansou, terminou em quinto lugar com 4:15.73.

Pódio da prova:
1o João Pierre Guttola do Rio de Janeiro 4:03.04
2o Guilherme Kanzler de Santa Catarina 4:05.65
3o Matheus Siniscalchi de São Paulo 4:10.06

400 livre júnior feminino –
Prova sem eliminatórias, liderança desde o princípio para Maria Fernanda Oliveira do Rio de Janeiro com bons parciais de 2:09.04 e 2:12.16.

Pódio da prova
1o Maria Fernanda Oliveira do Rio de Janeiro 4:21.20
2o Bruna de Pádua do Paraná 4:26.12
3o Ana Luiza Daisson do Rio de Janeiro 4:29.27

400 livre júnior masculino –
Stephan Steverink fez sua estreia nadando pelo Rio de Janeiro contra Guilherme Sperandio que fez sua estreia nadando por Minas Gerais. Steverink venceu com três segundos de vantagem e sendo o único a quebrar a barreira dos 4 minutos. Parciais de 1:57:51 e 2:01.31 a cada 200 metros.

Pódio da prova:
1o Stephan Steverink do Rio de Janeiro 3:58.82
2o Guilherme Sperandio de Minas Gerais 4:01.98
3o Bruno Dutra de São Paulo 4:02.97

100 peito infantil feminino –
Vitória para Agatha Marcondes com 1:17.52 sendo sua terceira melhor marca pessoal. Detalhe que nas eliminatórias ninguém quebrou a barreira do 1:20, enquanto na final as três primeiras fizeram isso.

Pódio da prova:
1o Agatha Marcondes do Distrito Federal 1:17.52
2o Manuela Mendes Costa do Rio de Janeiro 1:18.09
3o Bruna Bussmann do Paraná 1:18.66

100 peito infantil masculino –
Prova equilibrada e decidida em meio segundo a favor de Isaac Dias do Distrito Federal. Isaac estava balizado sem tempo e já na eliminatória fez a melhor marca com 1:11.98 baixando ainda mais para 1:11.30 na final.

Pódio da prova:
1o Isaac Dias do Distrito Federal 1:11.30
2o Guilherme Fujii do Paraná 1:11.92
3o Gregorio Magalhães do Paraná 1:13.76

100 peito juvenil feminino –
Vitória do Rio de Janeiro, Natália Steiner fazendo sua melhor marca pessoal. Antes tinha 1:16.46 feitos na semana passada na Tomada de Tempo na mesma piscina do Vasco. Agora campeã brasileira com 1:16.09.

Pódio da prova:
1o Natália Steiner do Rio de Janeiro 1:16.09
2o Maria Clara Preuss do Rio Grande do Sul 1:17.12
3o Ingra Klapper do Rio de Janeiro 1:17.14

100 peito juvenil masculino –
Novo recorde estadual de categoria e primeira medalha da Bahia para Dan Spinola com 1:07.57. Prova equilibradíssima e decidida no final, apenas 22 centésimos a frente do paranaense João Guilherme Pereira.

Pódio da prova:
1o Dan dos Reis Spinola da Bahia 1:07.57
2o João Guilherme Pereira do Paraná 1:07.79
3o João Victor Cruz de São Paulo 1:08.16

100 peito júnior feminino –
Uini Veiga teve a prova em seu controle, venceu com facilidade e colocou dois segundos sobre a segunda colocada.

Pódio da prova:
1o Uini Veiga Couto do Rio de Janeiro 1:14.17
2o Paula Ferrari de Minas Gerais 1:16.17
3o Manuela Carvalho do Rio de Janeiro 1:16.59

100 peito júnior masculino –
Prova mais equilibrada do dia, apenas 12 centésimos para dar a vitória a Nicollas de Souza de Minas Gerais com 1:04.45. No Brasileiro de Inverno, Fernando Mariano foi melhor do que Nicollas de Souza, hoje Nicollas conseguiu sustentar a vitória nos metros finais.

Pódio da prova:
1o Nicollas de Souza de Minas Gerais 1:04.45
2o Fernando Mariano do Rio de Janeiro 1:04.57
3o Antonio Sabedotti 1:05.46

50 livre infantil feminino –
Belo rsultado de Joice Otero Rocha quebrando a barreira dos 28 segundos pela primeira vez e com uma diferença significante para a segunda colocada.

Pódio da prova:
1o Joice Otero Rocha do Rio de Janeiro 27.69
2o Kayla Stephanie Santos de São Paulo 28.26
3o Manuela Castro do Rio de Janeiro 28.57

50 livre infantil masculino –
Que prova, e que nível de prova. Cinco primeiros colocados na casa dos 25 segundos e apenas 32 centésimos separando o primeiro do terceiro lugar. Melhor para Ricardo Almeida Anchieta de Minas Gerais com 25.22. Ele já havia sido campeão brasileiro de inverno marcando 25.03.

Pódio da prova:
1o Ricardo Almeida Anchieta de Minas Gerais 25.22
2o Gabriel Abrahão do Rio de Janeiro 25.53
3o Kauã Marinho Pereira de São Paulo 25.54

50 livre juvenil feminino –
Primeira medalha de ouro de Pernambuco para Beatriz Bezerra com 26.70, a única abaixo dos 27 segundos. No Brasileiro de Inverno, Beatriz foi campeã com 26.55.

Pódio da prova:
1o Beatriz Bezerra de Pernambuco 26.70
2o Laís Gasparini Silva do Espírito Santo 27.16
3o Celine Bispo da Bahia 27.42

50 livre juvenil masculino –
Com seis nadadores na casa dos 24 segundos, melhor para Vinicius Oliveira Cruz de Santa Catarina com 24.14. No Brasileiro de Inverno ele havia feito 23.99, sua melhor marca pessoal.

Pódio da prova:
1o Vinicius Oliveira Cruz de Santa Catarina 24.14
2o Vinicius Rizza do Distrito Federal 24.27
3o Gabriel Henrique de São Paulo 24.60

50 livre júnior feminino –
Vitória para a catarinense Isabella Scaduelli com 27.09. Sua melhor marca pessoal foi no Brasileiro de Inverno com 26.77.

Pódio da prova:
1o Isabela Scaduelli de Santa Catarina 27.09
2o Alexia Assunção do Rio de Janeiro 27.54
3o Maria Luiza Colodete do Rio de Janeiro 28.17

50 livre júnior masculino –
Prova com melhor índice técnico do primeiro dia, vitória para Guilherme Caribé da Bahia, único na casa dos 22 segundos, venceu com 22.86. Sua melhor marca pessoal é 22.71 feitos no Brasileiro de Inverno deste ano.

Pódio da prova:
1o Guilherme Caribé da Bahia 22.86
2o João Arnaldo Dias Rosa do Rio de Janeiro 23.32
3o Vinicius Monteiro do Paraná 23.34

Revezamento 4×100 medley infantil misto
1o Distrito Federal 4:25.62
2o São Paulo 4:27.10
3o Rio de Janeiro 4:27.23

Revezamento 4×100 medley juvenil misto
1o Minas Gerais 4:15.57
2o Paraná 4:16.15
3o São Paulo 4:17.64

Revezamento 4×100 medley júnior misto
1o Rio de Janeiro 4:05.25
2o São Paulo 4:13.00
3o Santa Catarina 4:13.18

Contagem parcial de pontos ao final do primeiro dia:
1o Rio de Janeiro 218 pontos
2o Paraná 161 pontos
3o São Paulo 153 pontos
4o Minas Gerais 142 pontos
5o Santa Catarina 105 pontos
6o Distrito Federal 67 pontos
7o Espírito Santo 40 pontos
8o Bahia 33 pontos
9o Pernambuco 28 pontos
10o Rio Grande do Sul 23 pontos

Resultados completos do dia 1:
https://sge-aquaticos.bigmidia.com/_uploads/piscina/35489/01354890000000F000000010000000000101169.pdf?x=1634165788

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *