Resultados e destaques prova a prova do dia 2 da Copa das Federações no Vasco:

200 livre infantil feminino –
Segunda vitória na competição para Ana Carolina Ghellere, ontem os 400 livre, hoje nos 200 livre. E com uma boa baixada de tempo chegando a esta competição nadando para 2:09.93 feitos no Troféu Paraná no mês passado. Agora venceu com 2:07.93.

Pódio da prova:
1o Ana Carolina Ghellere do Paraná 2:07.93
2o Nina Morenna do Rio de Janeiro 2:09.92
3o Valentina Mancera do Paraná 2:12.43

200 livre infantil masculino –
Dobradinha ontem, dobradinha hoje. Guilherme Carvalho e Pedro Neves do Distrito Federal nas duas primeiras posições dos 400 livre e hoje nos 200 livre. Guilherme Carvalho quebrou a barreira dos dois minutos pela primeira vez na carreira, melhor tempo do país na categoria nesta temporada.

Pódio da prova:
1o Guilherme de Carvalho do Distrito Federal 1:59.41
2o Pedro Henrique Neves do Distrito Federal 2:00.38
3o Andre Genton do Rio de Janeiro 2:00.66

200 livre juvenil feminino –
Segunda vitória de Luiza Lima na competição e a mais difícil de todas. Prova mais equilibrada de toda Copa das Federações, apenas um centésimo separando Luiza Lima de Sophia Coleta, briga antiga e que vem desde a categoria infantil.

Pódio da prova:
1o Luiza Lima do Rio de Janeiro 2:06.37
2o Sophia Coleta de São Paulo 2:06.38
3o Carolina Heinz do Rio Grande do Sul 2:07.92

200 livre juvenil masculino –
Prova de muito equilíbrio, seis primeiros colocados na casa do 1:56 para baixo, vitória para João Pierre Campos do Rio de Janeiro com 1:53.37. Menos de um segundo separou o segundo do sexto lugar.

Pódio da prova:
1o João Pierre Campos do Rio de Janeiro 1:53.37
2o Vinicius Rizza do Distrito Federal 1:55.49
3o Sammer Campos do Mato Grosso do Sul 1:55.60

200 livre júnior feminino –
Dobradinha do Rio, segunda vitória para Maria Fernanda Oliveira, ontem campeã dos 400, hoje levou os 200 batendo sua companheira Ana Luiza Daisson, as duas únicas na casa do 2:04.

Pódio da prova:
1o Maria Fernanda Oliveira do Rio de Janeiro 2:04.03
2o Ana Luiza Daisson do Rio de Janeiro 2:04.77
3o Bruna de Pádua do Paraná 2:06.80

200 livre júnior masculino –
Outra prova boa, vitória para Bruno Santos Dutra e dobradinha paulista com João Nunes Neto chegando em segundo lugar. Dutra tem 1:50.39 do Brasileiro de Inverno, hoje venceu com 1:51.58.

Pódio da prova:
1o Bruno Santos Dutra de São Paulo 1:51.58
2o João Nunes Neto de São Paulo 1:52.60
3o Stephan Steverink do Rio de Janeiro 1:52.79

100 borboleta infantil feminino –
Vitória carioca para Joice Rocha com 1:03.80, primeira vez nadando abaixo do 1:04. Sua melhora foi de um segundo completo do que havia feito na Tomada de Tempo no Vasco há duas semanas.

Pódio da prova:
1o Joice Rocha do Rio de Janeiro 1:03.80
2o Ana Carolina Ghellere do Paraná 1:04.14
3o Nina Morenna do Rio de Janeiro 1:06.44

100 borboleta infantil masculino –
Melhora significativa para Lucas Saldo do Paraná, baixando de 1:01.41 para 1:00.19 e conquistando seu primeiro título nacional. Prova teve os três primeiros colocados nadando na casa do 1:00, apenas 41 centésimos separou os três.

Pódio da prova:
1o Lucas Saldo do Paraná 1:00.19
2o Ricardo Almeida Anchieta de Minas Gerais 1:00.24
3o Pedro Henrique Neves do Distrito Federal 1:00.60

100 borboleta juvenil feminino –
Melhor índice técnico feminino da competição até agora, Beatriz Bezerra de Pernambuco em sua segunda vitória na Copa marcando 1:01.11, quase três segundos a frente da segunda colocada.

Pódio da prova:
1o Beatriz Bezerra de Pernambuco 1:01.11
2o Ariana Martins Gomes de Minas Gerais 1:04.05
3o Marian Oliveira Silva do Rio de Janeiro 1:04.97

100 borboleta juvenil masculino –
Bastante equilíbrio, meio segundo separando os três primeiros colocados. Significativa melhora de mais de um segundo para Izaque Querino se sagrar campeão com 56.31. Seu tempo do Brasileiro de Inverno foi 57.58.

Pódio da prova:
1o Izaque Querino de Minas Gerais 56.31
2o Davi Zanella de São Paulo 56.67
3o Heitor Napolitano de São Paulo 56.89

100 borboleta júnior feminino –
Muito bom resultado para Bianca Loureiro de São Paulo, apenas 15 centésimos distante do seu melhor tempo feito no Meeting Regional na semana passada. Ganhou com mais de um segundo de vantagem sobre a segunda colocada.

Pódio da prova:
1o Bianca Loureiro de São Paulo 1:02.15
2o Maria Fernanda Oliveira do Rio de Janeiro 1:03.29
3o Julia Santiago do Rio de Janeiro 1:04.37

100 borboleta júnior masculino –
Prova boa e equilibrada, decidida por dois décimos em briga entre Pedro Henrique Souza do Paraná e Brian Aguiar de São Paulo. Vitória para o melhor tempo da prova, Souza com 54.49 contra 54.69. Ambos tem marcas melhores na prova, mas bons tempos para a época da temporada.

Pódio da prova:
1o Pedro Henrique de Souza do Paraná 54.49
2o Brian Aguiar de São Paulo 54.69
3o Lucca Tonin do Paraná 56.48

200 medley infantil feminino –
Melhor marca deste ano para Agatha Marcondes que venceu com 2:25.72, quase três segundos a frente da segunda colocada. Seu melhor deste ano era 2:27.81 do título brasileiro de inverno, mas a sua melhor marca pessoal é 2:23.82 do Troféu Brasil do ano passado.

Pódio da prova:
1o Agatha Marcondes do Distrito Federal 2:25.72
2o Manuela Castro do Rio de Janeiro 2:28.48
3o Isabella Toniolo do Rio de Janeiro 2:32.48

200 medley infantil masculino –
100% na competição para Guilherme de Carvalho do Distrito Federal, campeão dos 400 e 200 livre, agora levou os 200 medley com mais de um segundo de vantagem sobre o segundo colocado. O tempo também é sua melhor marca pessoal superando os 2:17.73 do título brasileiro de inverno.

Pódio da prova:
1o Guilherme de Carvalho do Distrito Federal 2:17.14
2o Guilherme Fujii do Paraná 2:18.55
3o André Albuquerque do Rio de Janeiro 2:19.48

200 medley juvenil feminino –
Primeira mulher a chegar aos 100%, terceira vitória para Luiza Lima quase um segundo a frente da segunda colocada. Tempo foi dois segundos acima do seu melhor nesta temporada.

Pódio da prova:
1o Luiza Lima do Rio de Janeiro 2:24.95
2o Sophia Reis do Paraná 2:25.89
3o Mariana Oliveira Silva do Rio de Janeiro 2:29.66

200 medley Juvenil masculino –
Belo resultado para Heitor Napolitano quebrando a barreira do 2:10 pela primeira vez. Venceu com 2:09.42, exatos dois segundos a frente do segundo lugar. Seu melhor era 2:11.41 do Campeonato Paulista de Inverno.

Pódio da prova:
1o Heitor Napolitano Reis de São Paulo 2:09.42
2o Guilherme Gustavo Kanzler de Santa Catarina 2:11.42
3o Artur Becker de Minas Gerais 2:14.56

200 medley júnior feminino –
Única abaixo do 2:30, vitória do Rio de Janeiro com Manuela Carvalho com 2:29.73. Seu melhor nesta temporada é 2:27.66 do Brasileiro de Inverno em Recife.

Pódio da prova:
1o Manuela Carvalho do Rio de Janeiro 2:29.73
2o Camilla Cesario de Minas Gerais 2:30.63
3o Julia Santiago do Rio de Janeiro 2:30.70

200 medley júnior masculino –
Melhor nadador júnior nos 200 medley do Brasil em 2021, o baiano Enzo Ibañez confirmou o favoritismo vencendo com 2:06.77, pouco mais de um segundo e meio a frente do segundo lugar. Seu melhor este ano é do título brasileiro de inverno com 2:04.15, marca que é recorde baiano absoluto.

Pódio da prova:
1o Enzo Ibañez da Bahia 2:06.77
2o Lucca Tonin do Paraná 2:08.04
3o Andrey Alcantara de São Paulo 2:08.62

Revezamento 4×100 livre infantil feminino
1o Rio de Janeiro 4:03.67
2o Paraná 4:04.93
3o São Paulo 4:13.07

Revezamento 4×100 livre juvenil feminino
1o São Paulo 4:00.00
2o Rio de Janeiro 4:01.49
3o Minas Gerais 4:02.78

Revezamento 4×100 livre júnior feminino
1o Rio de Janeiro 3:58.13
2o Santa Catarina 4:06.15
3o Minas Gerais 4:11.18

Revezamento 4×100 livre infantil masculino
1o São Paulo 3:42.90
2o Paraná 3:46.40
3o Rio de Janeiro 3:47.85

Revezamento 4×100 livre juvenil masculino
1o Santa Catarina 3:33.89
2o Rio de Janeiro 3:34.31
3o São Paulo 3:35.06

Revezamento 4×100 livre júnior masculino
1o São Paulo 3:27.87
2o Paraná 3:28.41
3o Rio de Janeiro 3:32.41

Contagem parcial de pontos ao final do segundo dia:
1o Rio de Janeiro 523 pontos
2o Paraná 375,5 pontos
3o São Paulo 354 pontos

Infantil
1o Rio de Janeiro 169 pontos
2o Paraná 156 pontos
3o Distrito Federal 118 pontos

Juvenil
1o Rio de Janeiro e São Paulo 147 pontos
3o Minas Gerais 122 pontos

Júnior
1o Rio de Janeiro 207 pontos
2o Paraná 122 pontos
3o MInas Gerais 116 pontos

Resultados completos:
https://sge-aquaticos.bigmidia.com/_uploads/piscina/35489/01354890000000F000000010000000000101169.pdf?x=1634255481

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *