Depois de ficar menos de um décimo do recorde mundial dos 100 livre na etapa de Doha, no Catar, desta vez o australiano Kyle Chalmers não deixou passar e venceu a prova marcando 44.84, quebrando uma antiga marca de 2008. O recorde anterior era 44.94 de Amaury Leveaux.

Chalmers bateu o recorde australiano e da Oceania dos 50 livre no primeiro dia de Kazan com 20.68 e hoje saiu forte passando com 21.40 e voltou 23.44 chegando com quase dois segundos de vantagem sobre o russo Vladimir Morozov, segundo colocado na prova com 46.32.

Campeão olímpico dos 100 livre no Rio 2016 e vice campeão em Tóquio 2020, este foi o primeiro recorde mundial da carreira de Chalmers.

O brasileiro Fernando Scheffer nadou a prova e ficou nas eliminatórias. Scheffer fez 48.23 terminando em 11o lugar.

Vencedores do dia 2 da Copa do Mundo de Kazan:
400 medley feminino – Zsuzsanna Jakabos da Hungria 4:30.38
1500 livre masculino – Aleksei Rtischev da Rússia 14:47.27
50 costas masculino – Pavel Samunsenko da Rússia 22.90
200 livre feminino – Madison Wilson da Austrália 1:53.63
200 medley masculino – Daiya Seto do Japão 1:50.66 recorde asiático
100 costas feminino – Kira Toussaint dos Países Baixos 55.42
50 peito masculino – Fabian Schwingenschlogl da Alemanha 25.88
50 borboleta feminino – Holly Barratt da Austrália 24.75
100 livre masculino – Kyle Chalmers da Austrália 44.84 recorde mundial
100 peito feminino – Yulia Efimova da Rússia 1:04.56
200 borboleta masculino – Tom Shields dos Estados Unidos 1:52.42

Link para os resultados completos:
https://www.omegatiming.com/2021/fina-swimming-world-cup—kazan-rus-live-results

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *