Terminou neste domingo em Rosário, na Argentina, a natação dos 3os Jogos Sul-Americanos da Juventude e vitória do Brasil, como nas duas edições anteriores. Ao final da competição, Brasil somou 44 medalhas, duas a menos do que a campanha de 2017, mas o mesmo número de medalhas de ouro, 22, igualando a melhor campanha da história.

No último dia, duas vitórias para Stephanie Balduccini nos 50 livre com 25.88 e nos 400 livre com 4:16.64. No revezamento 4×100 medley misto ela nadou apenas nas eliminatórias mas também vai ganhar o ouro de campeã.


Pódios das provas do quarto e último dia:

200 borboleta feminino
1o Maria Yegres da Venezuela 2:1720
2o Luana Alonso do Paraguai 2:17.82
3o Luisa Comini do Brasil 2:18.69

200 borboleta masculino
1o Lucas Tudoras do Brasil 2:03.58
2o Heitor Napolitano do Brasil 2:03.81
3o Ariel Troya do Equador 2:03.88

50 livre feminino
1o Stephanie Balduccini do Brasil 25.88
2o Deyse Gonçalves do Brasil 26.59
3o Estefania Gomez da Colômbia 26.90

50 livre masculino
1o Emil Perez da Venezuela 23.49
2o Diego Aranda do Uruguai 23.87
3o Matias Santiso da Argentina 23.92
5o Pedro Souza do Brasil 24.08
6o Lucas Tudoras 24.13

400 livre feminino
1o Stephanie Balduccini do Brasil 4:16.64
2o Maria Yegres da Venezuela 4:19.63
3o Giovana Reis do Brasil 4:21.74

400 livre masculino
1o Stephan Steverink do Brasil 3:51.36
2o Eduardo Cisternas do Chile 3:59.50
3o Guilherme Sperandio do Brasil 4:00.46

Revezamento 4×100 medley misto
1o Brasil 3:58.32
Lucca Tonin, Felipe Ribeiro Gonçalves, Beatriz Bezerra, Giovana Reis
2o Argentina 4:03.88
3o Perú 4:03.97

Link dos resultados completos:
https://cadda.org.ar/resultados/2022/ODESUR/

Galeria de imagens do último dia:

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.