Faltam 170 dias para a abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Hoje temos 541 atletas olímpicos fazendo aniversário, 32 deles da natação. Entre eles, o brasileiro José Roberto Diniz Aranha integrante da Seleção Olímpica do Brasil em 1968 e 1972. Duas vezes finalista olímpico, quarto com o 4×100 livre e quinto com o 4×100 medley em Munique 72. Aranha na sua carreira ainda foi medalhista pelo Brasil nas Universíades e nos Jogos Pan Americanos.

* Medidas restritivas no Japão estão gerando multas. Pessoas que testarem positivo e se recusarem a ser isoladas ou hospitalizadas pagam multas de 4.770 dólares. Donos de bares e restaurantes que não cumprirem as medidas pagam multa de 2.860 dólares por dia de infração.

* Independente das vacinas, organizadores dos Jogos Olímpicos estão se preparando para fazer testes diários nos atletas e participantes.

* COCOA é o nome do aplicativo que está em funcionamento no Japão para acompanhar o deslocamento da população no combate a Pandemia. Críticos mais ostensivos reclamam da invasão de privacidade.

* Boa notícia nesta terça-feira, menor número de casos em Tóquio desde 15 de dezembro. No país, terceiro dia consecutivo com menos de 3 mil casos diários.

* “A Olimipíada sai com ou sem Coronavírus” foi mais ou menos isso que o CEO do Comitê Tokyo 2020 declarou. Yoshiro Mori está bem confiante nos preparativos para a organização do evento e controle da Pandemia.

* Estado de Emergência no Japão agora deve ir até 7 de março. Atualmente são 11 das 47 prefeituras do país sob o regime.

* COI publicou detalhes da consulta feita a aproximadamente 3.500 atletas olímpicos de diferentes nações e modalidades sobre a Regra 50 que determina limites para os protestos feitos nos Jogos, restringindo áreas como pódio e campo de jogo. O resultado da consulta ainda não foi divulgado e deve ser publicado em forma de decisão em abril conforme o Presidente Thomas Bach anunciou na semana passada.

* Um novo problema para a organização olímpica. A Baía de Tóquio, especificamente no local onde vai receber as provas de remo e canoagem está infestado de ostras e moluscos que estão afundando os 470 flutuadores cilíndricos que servem para amortecer os impactos das ondas. Estes flutuadores tem até 12 metros de comprimento e estão se afundando pela quantidade dos animais marinhos.

* FINA não se manifesta oficialmente, mas em caso do Brasil não conseguir embarcar para a Seletiva Olímpica do Polo Aquático Masculino que acontece este mês nos Países Baixos irá chamar outra seleção para ocupar a psoição. CBDA e COB trabalham na busca de opção de viagem internacional dificultadas pelas restrições de vôo impostas ao nosso país.

* Hungria e Sérvia já começaram a vacinar seus atletas olímpicos. Israel que foi o primeiro a anunciar que iria fazer a vacinação olímpica só vai conseguir concluir até maio. Ao mesmo tempo, o Presidente do Comitê Olímpico Italiano, Giovanni Malagó já anunciou que seu país não irá colocar os atletas na frente para receber as vacinas. Nos Estados Unidos, o médico do Comitê Olímpico e Paralímpico Americano Jonathan Finnoff indicou que muitos dos atletas nacionais não querem se vacinar.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *