Caeleb Dressel igualou o recorde americano dos 50 metros nado livre na Seletiva Americana com 21.04. A marca era dele no título mundial de Gwangju de 2019, é o melhor tempo feito na era pós-trajes tecnológicos. A Best Swimming consultou o biomecânico Augsuto Barbosa da Meazure para fazermos uma comparação das duas provas, e mais até uma projeção em relação ao recorde mundial de Cesar Cielo de 20.91 que se mantém desde 2009.

 

Photo by Maddie Meyer/Getty Images

Segundo a avaliação de Barbosa, ele levantou os dados através dos vídeos das duas disputas. Para o vídeo do Mundial de 2019 as imagens foram disponibilizadas pelo biomecânico Samie Elias.

A conclusão e comparação das duas provas é de que Dressel teve um início melhor e mais propulsivo na prova do USA Olympic Trials realizada em junho deste ano, mas teve uma fase final de prova mais precisa e rápida na vitória do Campeonato Mundial de Gwangju.

A análise biomecânica tem sido um grande artifício na contribuição dos programas de treinamentos dos nadadores. Ao compor um comparativo com as duas performances de recorde americano de 21.04 do USA Olympic Trials de 21 de junho de 2021 e do título mundial de 27 de julho de 2019 em Gwangju, se monta a chamada “prova perfeita”. Isso é a combinação dos elementos das duas performances sempre pegando o melhor desempenho nas diversas fases da prova. A conclusão é de que a prova perfeita de Dressel hoje seria exatamente os 20.91 do recorde mundial de Cesar Cielo.

 

 

 

 

 

Veja aqui o documento na íntegra na avaliação da Meazure:

50LI_CAELEB_DRESSEL_Comparação

4 respostas
  1. Hendrix Pontes
    Hendrix Pontes says:

    Ola Coach,

    Me permita discordar, mas nao creio que o WR dos 50 freestyle esteja ameacado na Olimpiada, por dois motivos. Primeiro, porque historicamente essa prova nao tem WRs nas Olimpiadas, dada a enorme pressao pela vitoria que torna os atletas mais conservadores com relacao a riscos de tentar uma prova “perfeita”. Por outro lado, Dressel tera outras 5 provas e essa deve ser a penultima, o que significa que o desgaste fisico e emocional natural dessa jornada de um atleta que nunca venceu uma prova individual antes deverao cobrar seu preco.

    Essa eh a minha opiniao, ele pode surpreender.

    Responder
    • Daniel Faria
      Daniel Faria says:

      Hendrix, não há do que discordar, pois o Coach não emitiu opinião. Cuida-se apenas de uma análise técnica , conforme detalhado no texto.
      Como sabemos, inúmeros outros fatores, dentre eles os q vc mencionou, influenciam no alcance (ou não) da máxima performance técnica numa competição.

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *