Saiu o primeiro recorde de campeonato do Brasileiro Juvenil em Porto Alegre. O campeão sul-americano e recordista de campeonato (58.01) Samuel Lopes quebrou a marca de André Santos de 2011 (58.11) e igualou o recorde brasileiro de categoria que ainda permanece Vitor Guaraldo com 57.63.

Na disputa por clubes, o Corinthians abriu vantagem e lidera com 161 pontos sobre Minas Tênis Clube e SESI SP, empatados em segundo lugar.

Resultados prova a prova:

50 livre Juvenil I feminino
Ouro e prata no Sul-Americano Juvenil em Lima, no Perú, Beatriz Berra e Helena Lopes voltaram a se encontrar. Desta vez deu Beatriz Bezerra vencendo com 26.39, um centésimo a mais do que Helena havia vencido o ouro no Sul-Americano.

Pódio da prova
1o Beatriz Bezerra da AABB 26.39
2o Helena Lopes do Minas 26.82
3o Mariana Caldeira do SESI SP 27.17

50 livre Juvenil I masculino
Outra medalha de ouro para o Nordeste, Celine Bispo teve a prova toda no seu controle, mas foi atacada na parte final da prova por Mariana Marizeiro, que mesmo nadando pelo Corinthians, é natural do Ceará.

Pódio da prova
1o Celine Bispo do Yacht Clube da Bahia 26.66
2o Mariana Marizeiro do Corinthians 26.92
3o Thaiana Melissa Amaral do SESI SP 27.07

50 livre Juvenil I masculino
Prova com dois nadadores quebrando a barreira dos 24 segundos pela primeira vez e os três primeiros colocados fazendo suas respectivas melhores marcas pessoais. Vitória para Fabio Borges Capocci do N1Moura Lacerca com 23.75, 16 centésimos a frente do campeão sul-americano Pedro Sansone Andrade do Pinheiros.

Pódio da prova
1o Fabio Borges Capocci do N1Moura Lacerda 23.75
2o Pedro Sansone Andrade do Pinheiros 23.91
3o Vitor Vasconcelos do Náutico Cearense 24.07

50 livre Juvenil II masculino
Três nadadores abaixo dos 24 segundos, vitória para o campeão de Inverno Leonardo Venturini do Itamirim com 23.68.

Pódio da prova
1o Leonardo Venturini do Itamirim 23.68
2o Vinicius Oliveira Cruz do Continente 23.85
3o Vinicius Rizza do Aquanaii 23.89

200 peito Juvenil I feminino
Melhor marca pessoal e uma determinação apresentada desde o início da prova, batendo a campeã sul-americana, vitória de Ana Beatriz Passaglia que já tinha sido a mais rápida nas eliminatórias.

Pódio da prova
1o Ana Beatriz Passaglia do Minas 2:41.21
2o Natalia Steiner do Flamengo 2:43.78
3o Gabriela Sell do 1o de Julho 2:48.45

200 peito Juvenil II feminino
Prova equilibrada e com alternância de posições, vitória para Anna Beatriz Machado do Pinheiros, única a quebrar a barreira dos 2:40, batendo a campeã brasileira de inverno Luiza Lima.

Pódio da prova
1o Anna Beatriz Machado do Pinheiros 2:39.87
2o Luiza Comini Lima do Marina Barra 2:41.70
3o Sophia Reis do Curitibano 2:42.12

200 peito Juvenil I masculino
Prova teve diferentes líderes, Samuel Carvalho tomou a ponta ao princípio, Pedro Nascimento Silva cresceu, mas os 50 metros finais de Thomas Ugrinovich foram impressionantes. Vitória no toque, menos de meio segundo separando o primeiro do terceiro colocado.

Pódio da prova
1o Thomas Ugrinovich Krings do SESI SP 2:25.50
2o Samuel Carvalho do Corinthians 2:25.71
3o Pedro Nascimento Oliva do SESI SP 2:25.99

200 peito Juvenil II masculino
A grande surpresa da competição, um nadador saindo da primeira série, Matheus Teixeira do Tênis Clube de Campinas,
sem tempo de longa, sem qualquer conquista no Paulista, chegou para vencer o título de campeão brasileiro de verão e ainda colocando mais de um segundo de vantagem sobre o segundo colocado.
Pódio da prova
1o Matheus Teixeira do TC Campinas 2:24.59
2o João Guilherme Pereira do Curitibano 2:25.99
3o Bruno Hosokawa Oliveira da APAN Prudente 2:26.04

100 costas Juvenil I feminino
Assim como tinha sido no Brasileiro de Inverno, prova equilibrada e definida nos detalhes, em especial nos fundamentos. Melhor para Larissa Borba do Corinthians, campeã de inverno e verão.

Pódio da prova
1o Larissa Borba do Corinthians 1:06.95
2o Yasmin Pereira do VEN 1:07.10
3o Paula Pompeu do Flamengo 1:07.37

100 costas Juvenil II feminino
Mesmo pódio do Campeonato Brasileiro de Inverno, mesma ordem, vitória para Sophia Reis do Curitibano com 1:04.82, única abaixo da barreira do 1:05.

Pódio da prova
1o Sophia Reis do Curitibano 1:04.82
2o Isabela David do Iate Clube de Brasília 1:05.06
3o Tyara Ramos do Álvares Cabral 1:06.49

100 costas Juvenil I masculino
Samuel Lopes, de ponta a ponta, 57.63.Primeiro (e único) recorde de campeonato até agora, e recorde brasileiro de categoria igualado. O recorde de campeonato era André Augusto Santos do Corinthians em 2013 com 58.11. O recorde brasileiro de categoria Vitor Guaraldo de 2011 com 57.63.

Pódio da prova
1o Samuel Lopes do Pinheiros 57.63 recorde de campeonato e recorde brasileiro de categoria
2o Ronaldo Klug Junior do Joinville 1:00.65
3o Theo Tuunelis da AABB SP 1:01.16

100 costas Juvenil II masculino
Prova definida nos fundamentos, Daniel Azevedo Gomes do Clube Fúria tomou a ponta na saída, longo submerso, repetiu na virada e quebrou o 59 pela primeira vez na carreira.

Pódio da prova
1o Daniel Azevedo Gomes do Clube Fúria AcquaR1 58.99
2o Luiggi Cunha Gomes do SESI SP 59.62
3o Leonardo Caires do Gran São João 59.73

200 livre Juvenil I feminino
Sem chances para as adversárias, em controle e ritmo aplicado desde o princípio para vencer, Rafaela Sumida venceu a prova com mais de dois segundos de vantagem sobre a segunda colocada e melhor marca pessoal de 2:06.05.

Pódio da prova
1o Rafaela Sumida do Corinthians 2:06.05
2o Mariana Oliveira Silva do Flamengo 2:08.78
3o Alessandra Haas Ren do União 2:09.21

200 livre Juvenil II feminino
Daquelas provas de tradição, rivalidade conhecida desde a categoria Petiz na Federação Aquática Paulista. E assim foi de novo. Thaiana Amaral tinha a liderança e parecia ter definido, mas Sophia Coleta, sempre atrás sustentou e se manteve na disputa até o final, apenas 29 centésimos de diferente.

Pódio da prova
1o Thaiana Melissa Amaral do SESI SP 2:05.26
2o Sophia Coleta da ABDA 2:05.55
3o Carolina Bononi do União 2:06.63

200 livre Juvenil I masculino
Ao princípio Alex Kalil larga na frente, mas logo Samuel Lopes e Cauê Gluck dominam e se afastam, na parte final da prova é a vez de Gluck se desgarrar de Lopes. Mansur no final é atacada por William Matana que chegou próximo, apenas 14 centésimos atrás.

Pódio da prova
1o Cauê Gluck do Curitibano 1:54.76
2o Samuel Lopes do Pinheiros 1:55.23
3o Alex Kalil Mansur do Corinthians 1:57.58

200 livre Juvenil II masculino
Prova perfeita, dominando desde o princípio e mais de 2 segundos de vantagem sobre o segundo lugar.

Pódio da prova
1o João Pierre Gruttola do Flamengo 1:51.29
2o Vinicius Oliveira Cruz do Continente 1:53.79
3o Heitor Napolitano Reis do AVONAT 1:55.24

Link para os resultados completos:
https://cbda.org.br/cbda/natacao/evento/35613/campeonato-brasileiro-juvenil-de-verao

Galeria de imagens do dia 2 do Brasileiro Juvenil: (fotos de Jackson Coletta e João Paulo Castro)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *