A Baía de Setúbal vai receber a Seletiva Olímpica das Águas Abertas nos dias 19 e 20 de junho. A informação divulgada pela Federação Portuguesa de Natação leva para o local a terceira Seletiva Olímpica consecutiva das águas abertas. A modalidade entrou para o programa olímpico em Beijing 2008 e a única exceção foi naquela edição que fez a disputa no local que sediou a prova olímpica.

Setúbal tem sido destino obrigatório do calendário internacional das águas abertas. A prova dos 10 quilômetros faz parte do programa do atual FINA Marathon Swim Series e antiga Copa do Mundo de Águas Abertas desde a primeira edição em 2007. Desde então, apenas em 2016 e no ano passado que a prova não foi realizada por lá.

 

 

 

O Brasil tem um retrospecto bem positivo nas provas de Setúbal são três vitórias num total de nove pódios:
2008 – Ana Marcela Cunha 3o lugar
2009 – Poliana Okimoto 1o lugar, Allan do Carmo 3o lugar
2010 – Ana Marcela Cunha 2o lugar
2014 – Ana Marcela Cunha 1o lugar, Poliana Okimoto 2o lugar, Allan do Carmo 3o lugar
2017 – Viviane Jungblut 2o lugar
2019 – Ana Marcela Cunha 1o lugar

Uma das características da prova de Setúbal é a baixa temperatura da água. Na prova da Copa do Mundo de 2018, inclusive, foi obrigatório o uso dos trajes wetsuits.

Nas disputas das Seletivas Olímpicas de 2012 e 2016, os resultados de 2012 chamam bastante a atenção pelos resultados que tivemos na Olimpíada. Os dois vencedores das provas de Londres, Oussama Mellouli da Tunísia e Eva Ristov da Hungria, saíram da Seletiva de Setúbal.

 

 

O Brasil disputou apenas a Seletiva de 2012 em Setúbal, com dois nadadores, Allan do Carmo e Lucas Kanieski. No feminino, Poliana Okimoto já estava classificada pelo resultado do Mundial de Shanghai em 2011. Na disputa masculina, Allan terminou em 19o lugar (1:46.38.0) e Kanieski (1:49.08.0).

Resultado da Seletiva Olímpica de 2012:
Masculino
1. Oussama Mellouli (TUN) 1: 45: 18.5
2. Richard Weinberger (CAN) 1: 45: 30.2
3. Petar Stoychev (BUL) 1: 45: 34.1

Feminino
1. Haley Anderson (EUA) 1: 44: 30.6
2. Eva Risztov (HUN) 1: 44: 32.0
3. Anna Olasz (HUN) 1: 44: 36.8 (como Ristov chegou a sua frente ela não pode nadar na Olimpíada pela regra de um nadador por país saindo da Seletiva)

Resultado da Seletiva Olímpica de 2016:
Masculino
1. Lijun Zu (CHN) 1: 52: 18.2
2. Christian Reichert (GER) 1: 52: 20.40
3. Ivan Enderica Ochoa (ECU) 1: 52: 22.60

Feminino
1.Xin Xin (CHN) 1: 55: 12.1
2. Keri-Anne Payne (GBR) 1: 55: 12.90
3. Samantha Arevalo (ECU) 1: 55: 15.90

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *