Domingo terminou o prazo de inscrição para os Jogos Olímpicos de Tóquio e tivemos algumas surpresas e muitas mudanças na escalação da Seleção da Austrália. As maiores surpresas vieram com as saídas de Kyle Chalmers e de Emma Mckeon da prova dos 200 livre.

Chalmers, pela nova escalação, vai concentrar toda a sua preparação para as provas de revezamento e os 100 metros nado livre, enquanto Emma McKeon não vai ter mais o pesado programa que previa oito provas na competição. Pelos resultados da Seletiva Australiana, McKeon estava nos 50, 100 e 200 livre, 100 borboleta e mais quatro revezamentos.

McKeon saindo dos 200 livre entra a terceira colocada na prova, Maddie Wilson, enquanto Thomas Neill pega a vaga de Chalmers na versão masculina da prova. Neill também ganhou outra vaga, será o segundo nadador nos 1500 livre, pulando de apenas integrante do 4×200 livre para agora duas provas individuais.

Outra mudança importante veio para Cameron McEvoy classificado apenas como integrante do 4×100 livre. Ganhou os 50 livre pela marca feita no Mundial de Gwanjgu e agora entra como segundo nadador da prova já que Matt Temple vai concentrar sua preparação nos 100 e 200 borboleta. Com McEvoy entrando nos 100 livre, a Austrália repete a escalação de 2016 na prova com Chalmers e McEvoy.

O jovem Isaac Cooper classificado pelos 200 costas ganhou a segunda vaga dos 100 costas e Matt Wilson adicionado pela Australia Swimming vai nadar as duas provas de peito, 100 e 200 peito.

Austrália começou neste final de semana um training camp em Cairns antes de viajar para o Japão.

1 responder
  1. Hendrix Pontes
    Hendrix Pontes says:

    Isso que eu chamo de Team Work, coletivo acima do individual….Australia unida e pronta pra brilhar na natacao em Tokyo!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.