Começa domingo em Omaha, por oito dias, com eliminatórias, semifinal e final (provas até 200 metros), eliminatória e final (provas de 400 para cima), apurando a Seleção Americana para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 28 provas individuais. É a maior, mais organizada e principalmente mais promovida seletiva olímpica da natação mundial. Confira abaixo alguns números e curiosidades que só comprovam a grandeza e o alto nível do evento:

* 100 borboleta feminino tem nove nadadoras abaixo dos 58 segundos, e as duas melhores balizadas tem apenas 16 e 18 anos respectivamente.
* A primeira prova do programa os 400 metros medley masculino já começa com seis nadadores abaixo dos 4:15.
* Os 400 medley na versão feminina tem nove nadadoras abaixo da barreira do 4:40.
* Ainda no primeiro dia, tem 400 livre masculino com 10 atletas abaixo dos 3:50.
* A briga pelos revezamentos é intensa. Nos 200 livre masculino são 61 nadadores e os oito primeiros tem marcas abaixo de 1:47. Nos 100 livre são 71 atletas sendo um na casa do 46, quatro para 47 e oito para 48.
* Isso também se vê na versão feminina. São 63 nadadoras nos 200 livre e 40 tem marcas abaixo da barreira dos dois minutos. Nos 100 livre feminino, 73 nadadoras, duas para 52, sete para 53, e 12 para 54.
* Nas provas de fundo, todas com muitas séries: 400 livre 51 nadadoras e 56 nadadores, 800 livre com 42 nadadoras e 54 nadadores, e 1500 livre com 35 nadadoras e 43 nadadores.
* Briga acirrada nas provas de velocidade. Nas mulheres, os 50 livre tem 68 nadadoras com Simone Manuel e seus 24.05 sendo a primeira marca e 25.99 o último tempo do balizamento. São 15 nadadoras na casa dos 24 segundos. Entre os homens, 50 livre tem 71 nadadores, Caeleb Dressel lidera com 21.04 e o pior tempo é de 23.17. São sete nadadores na casa dos 21.

Veja o start list completo da competição aqui:

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *